Ranking

Portugal tem 14 das 1000 empresas que mais crescem na Europa

Hugo Oliveira é co-fundador e presidente executivo da Indie Campers. (Fotografia cedida pela Indie Campers)
Hugo Oliveira é co-fundador e presidente executivo da Indie Campers. (Fotografia cedida pela Indie Campers)

Plataforma de aluguer de autocaravanas Indie Campers é a melhor empresa portuguesa no ranking do Financial Times: ocupa o lugar 38 da geral.

Portugal tem 14 das 1000 empresas que mais crescem na Europa. Foi divulgado esta segunda-feira o ranking anual do Financial Times, que analisou, pelo quarto ano consecutivo, a taxa de crescimento das companhias no Velho Continente. Portugal volta a registar o melhor desempenho de sempre.

A representação lusitana é liderada pela plataforma de aluguer de autocaravanas Indie Campers, que entrou pela primeira vez nesta tabela para o lugar 38. Entre 2015 e 2018, a Indie Campers registou um crescimento acumulado de 2878,3%, segundo os dados recolhidos pela publicação britânica em conjunto com o portal Statista.

A segunda melhor representante portuguesa é a BluWalk, empresa nascida em 2011 como uma rent-a-car mas que acelerou o crescimento nos últimos anos ao fornecer a frota para empresas parceiras das plataformas de transporte de passageiros do tipo Uber (mais conhecidas como TVDE). A bluWalk está na posição 64 da geral e registou um crescimento acumulado de 1810,6% entre 2015 e 2018.

Na terceira posição encontra-se a Vadeca Facility Services, companhia de gestão de limpezas para o segmento empresarial fundada em 2008 e que cresceu um total de 1073,9% entre 2015 e 2018.

Nas restantes empresas portugueses, há companhias da área da construção, comunicação social, ecommerce, tecnologia, moda, automóvel, educação, agricultura e cibersegurança.

Para integrarem esta lista do Financial Times, as empresas portuguesas tiveram de ter receitas de pelo menos 100 mil euros em 2015, mais de 1,5 milhões de euros de receitas em 2018, têm de ser independentes, e registar um crescimento orgânico.

A Alemanha é o pais com mais representantes na lista (mais de 100 empresas), seguida da Itália, do Reino Unido e de França. Os quatro países contam com 70% das companhias representadas nesta lista.

A fintech britânica OakNorth Bank foi a empresa que mais cresceu entre 2015 e 2018 (+37 462,5%), seguida pela tecnológica finlandesa Wolt (+15 641,9%) e pela plataforma de transportes Bolt (+12 959,7%).

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Fotografia: Gerardo Santos/Global Imagens

Saídas para a reforma disparam 43% na função pública

Foto: DR

EDP flexibilizou pagamento de faturas no valor de 60 milhões de euros

Carteiros

CTT vão entregar cartão de cidadão em casa. Piloto arranca em Oeiras

Portugal tem 14 das 1000 empresas que mais crescem na Europa