Setor agroalimentar

PortugalFoods investe 700 mil euros em participação na feira SIAL Paris

Fotografia: D.R.
Fotografia: D.R.

A associação tem vindo a aumentar o investimento nas feiras internacionais, tornando o ‘stand’ português mais apelativo.

O presidente da PortugalFoods, Amândio Santos, disse à Lusa que foram investidos cerca de 700 mil euros na participação de Portugal na SIAL Paris, feira do setor agroalimentar que se inicia domingo e decorre até quinta-feira.

“Este ano vamos investir muito próximo de 700 mil euros com linhas de apoio do programa Compete, através do apoio da AICEP [Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal] e com uma participação das empresas muito grande”, disse Amândio Santos, em declarações à Lusa.

Segundo o responsável, a associação tem vindo a aumentar o investimento nas feiras internacionais, de modo a subir o número de empresas representadas e tornando o ‘stand’ português mais apelativo.

“Hoje os grandes pilares de investimento estão em toda a logística associada a uma participação de grande dimensão. Levamos mais de 70 empresas e temos um espaço de 1.000 metros quadrados, temos que ser muito apelativos”, indicou.

Para Amândio Santos, a presença portuguesa no evento tem demonstrado o que diferencia a marca Portugal: “A nossa identidade enquanto setor, a nossa capacidade exportadora e a nossa dinâmica enquanto industriais”.

Portugal vai representar-se na SIAL Paris, que decorre a partir de domingo e até à próxima quinta-feira, com empresas como a Novarroz, a Amendouro, a Fresbeira, a Ramirez, a Frueat e a Mirazeite.

Até ao momento, está também confirmada a presença do secretário de Estado da Agricultura e Alimentação, Luís Medeiros Vieira, do secretário de Estado da Internacionalização, Eurico Brilhante Dias, bem como de uma representação da Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (AICEP).

Formada em 2008, a PortugalFoods é uma associação constituída por empresas, entidades do sistema científico e tecnológico e entidades nacionais e regionais que representam o setor agroalimentar.

Entre os objetivos da associação, encontram-se o aumento do índice tecnológico das empresas do setor, a promoção da internacionalização e a produção de inovação.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Dos blueprints  dos primeiros automóveis, ao topo dos carros elétricos atuais, de elon Musk, em homenagem, a Nikolas Tesla.
Ilustração: VITOR HIGGS

Automóvel. Em 20 anos do euro mudou tudo, menos a carga fiscal e o líder

João Vieira Lopes, presidente da Confederação do Comércio e Serviços.
(Jorge Amaral/Global Imagens)

Vieira Lopes: “Metas do governo são realistas mas é preciso investimento”

A EDP, liderada por António Mexia, vai pagar o maior cheque de dividendos da bolsa nacional.

PSI20. Menos lucros mas o mesmo prémio aos acionistas

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
PortugalFoods investe 700 mil euros em participação na feira SIAL Paris