Portuguesa Dan Cake vendida à francesa Biscuit

Com 500 colaboradores e duas fábricas em Coimbra e em Lisboa, a Dan Cake Portugal gera vendas globais superiores a 55 milhões, Portugal representar 20% das vendas e os restantes 80% seguem para o mercado externo.

A Dan Cake e a francesa Biscuit anunciaram esta quarta-feira um acordo para a compra da empresa portuguesa, fundada em 1978 pela família Jamnadas, por um valor não divulgado. Equipa de gestão nacional, com o CEO Mitesh Jamnadas e o CFO Virgílio Alves, mantém-se. Operação está sujeita ao cumprimento dos procedimentos regulatórios.

No espaço de um ano é a segunda grande operação de venda de empresas nacionais no sector alimentar. Em janeiro do ano passado a Frulact foi vendida ao fundo francês Ardian, os donos da Ascendi.

A Dan Cake justifica o negócio. "A aquisição proposta pela Biscuit International é uma excelente perspetiva para a Dan Cake Portugal, uma empresa familiar de sucesso e de renome em Portugal. Na Biscuit International (BI), encontrámos um parceiro forte e experiente, que permitirá à Dan Cake Portugal consolidar a sua liderança local e expandir as suas exportações no mercado internacional", disse Kantilal Jamnadas.

"A Biscuit International e a sua equipa têm uma larga e bem-sucedida experiência na aquisição e integração de empresas familiares, ajudando-as a alcançar um maior crescimento. Esta transação permitirá à Dan Cake Portugal entrar numa nova fase positiva do seu desenvolvimento, para benefício da nossa organização, dos nossos clientes, dos nossos produtos, das nossas equipas e do nosso consumidor", disse ainda o fundador da Dan Cake Portugal, citado em comunicado enviado às redações.

Com um total de 500 colaboradores e duas fábricas em Coimbra e em Lisboa, a Dan Cake Portugal gera vendas globais superiores a 55 milhões de euros anuais, com Portugal a representar 20% das vendas e os restantes 80% a seguir para o mercado externo. Os seus produtos são principalmente vendidos para marcas próprias, mas também sob a marca Danesita e Dan Cake.

Quem são os novos donos?

Depois de décadas em mãos nacionais, a empresa transita para a francesa Biscuit International. "A aquisição da Dan Cake Portugal é uma situação positiva para ambas as empresas. A Dan Cake Portugal é uma empresa líder de mercado em Portugal, e um ator de relevo no setor da pastelaria industrial", diz Giampaolo Schiratti.

"Esta sinergia representa uma excelente integração para o Grupo Biscuit International, em termos de portefólio e de cobertura geográfica. Esta operação retrata o nosso objetivo de ampliar uma oferta de alta qualidade no setor da pastelaria industrial, constituindo um valor acrescentado para os nossos clientes. O nosso compromisso de investimento na empresa permite elevar o potencial de crescimento considerável da Dan Cake Portugal nos nossos mercados internacionais", diz o CEO da empresa controlada pelo fundo norte-americano Platinum Equity.

A compra insere-se na estratégia de aquisições europeias do grupo no mesmo setor, incluindo a Aviateur na Holanda (2019), a Arluy em Espanha (2018), a Stroopwafel en Co. na Holanda (2018), a NFF no Reino Unido (2018) e a A&W na Alemanha (2017). Após a conclusão da transação, o grupo produzirá cerca de 200 mil toneladas de biscoitos e waffles em 20 fábricas na Europa.

A Biscuit gerou um volume de venda superior a 530 milhões de euros em 2020, com aproximadamente dois terços realizados fora da França, com base no seu amplo portfólio de produtos para clientes grossistas e industriais, empregando cerca de 2.500 pessoas.

A Biscuit International é assessorada nesta transação por Alvarez & Marshal (consultor financeiro) e CS Associados (consultores jurídicos). Os acionistas da Dan Cake Portugal são acompanhados pela BDO Portugal (consultor financeiro) e pela CCA (consultor jurídico).

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de