Imobiliário

Preço das casas já recuperou das quedas da crise

Fotografia: Global Imagens
Fotografia: Global Imagens

Os preços dos imóveis caíram cerca de 21% entre 2007 e meados de 2013.

A forte subida dos preços, ao longo dos últimos anos, já permitiu ao imobiliário recuperar o efeito da crise. No ano passado, contabiliza a Confidencial Imobiliário, os preços das casas terminaram no mesmo nível que estariam “se a partir de 2007 tivessem evoluído ao ritmo da inflação, em vez de terem descido em resultado das dívidas soberanas”, revela esta segunda-feira, a empresa em comunicado.

Os preços dos imóveis caíram cerca de 21% entre 2007 e meados de 2013. Se não fosse esta quebra, estariam em 2018, só por via da inflação, 18% acima dos valores de 2007. Os fortes aumentos dos últimos meses, que acompanharam uma crescente procura tanto de nacionais como de públicos internacionais, já permitiram compensar a perda.

“O mesmo é dizer que o mercado, mais do que proceder à subida nominal dos preços, já recuperou da perda que teve em termos reais. Nessa medida, pode dizer-se que está totalmente recuperada a perda que a crise implicou em termos reais, dando espaço a uma perspetiva de maturidade do processo de recuperação”, assume Ricardo Guimarães, diretor da Confidencial Imobiliário.

Os preços no mercado de compra e venda já sobem de forma ininterrupta há cinco anos. “Na sequência deste percurso de recuperação, os preços da habitação em Portugal apresentam um ganho de 46% face a meados de 2013”, contabiliza a Confidencial Imobiliário.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
(REUTERS/Tyrone Siu/File Photo)

Portugal é campeão na venda de carros elétricos, mas falta rede de carregamento

Huawei | Google | Android

Smartphones Huawei vão ser atualizados, garante a marca

Fotografia: Pedro Rocha/ Global Imagens

Taxa turística já rende 30 milhões às câmaras. É uma subida de 56%

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Preço das casas já recuperou das quedas da crise