distinção

Prémio europeu de inovação para fraldas 100% portuguesas

Marco Silva, diretor-geral da Nunex. Fotografia: D.R.
Marco Silva, diretor-geral da Nunex. Fotografia: D.R.

A primeira e única marca portuguesa de fraldas para criança, a Nunex recebeu um prémio europeu de inovação no salão internacional do setor

As empresas portuguesas continuam a mostrar a sua aposta na inovação, desta vez a empresa distinguida foi a Nunex, a primeira e única marca portuguesa de fraldas para criança, produzida em Viana do Castelo.

O júri da edição de 2016 do salão Wabel, prémio europeu de inovação no salão internacional do setor, que se realizou em Paris, atribuiu à Nunex Worldwide o prémio Inovação, na categoria “Baby Care”, pela conceção da fralda “Active Dry”.

“Conseguimos otimizar três principais características numa fralda: absorção, suavidade e competitividade. A fralda Active Dry é mais absorvente do que a maioria das fraldas, bastante mais suave e com camada interior que melhora a velocidade de absorção e proporciona uma melhor rehumidificação, ou seja, a pele do bebé mantém-se seca por mais tempo. A nossa Active Dry resulta de muita investigação e de vários testes de laboratório até chegar a um produto desta qualidade”, garante Marco Silva, diretor – geral.

O diretor-geral da empresa, salienta que “um galardão que significa o reconhecimento do empenho e espírito de sacrifício de todos, no desenvolvimento de novos produtos e no objetivo diário de fazer sempre mais e melhor”.

Wabel

O salão Wabel é dedicado aos produtos domésticos e de cuidados pessoais, sendo um ponto de encontro entre os maiores líderes da indústria e compradores para a categoria de marca de distribuição das grandes cadeias de retalho, na sua maioria europeias, mas também de outros pontos do mundo. Decorre anualmente em Paris e apresenta as tendências, inovações e perspetivas de mercado estratégicos como uma referência mundial na área.

Este ano, o encontro realizou-se no hotel Hilton, no aeroporto Charles de Gaulle, nos dias 12 e 13 de outubro, e distinguiu a fralda da marca Nunex, entre alguns dos maiores produtores da Europa.

“A Wabel reúne mais de cem fornecedores e dezenas de compradores representados por decisores conceituados na área de marcas próprias, facto pelo qual, ganhar este prémio em França a concorrer com alguns dos maiores produtores da Europa neste setor, torna este prémio ainda mais gratificante e prestigiante para nós”, realçou Marco Silva.

A edição de 2016 contou com a presença de alguns dos maiores retalhistas mundiais como o Carrefour, E Leclerc, Tesco, Metro, Ocado, Auchan, Amazon ou Daymon, entre outras.

Nunex

A Nunex pertence ao Grupo Ghost, que tem ainda a Suavecel e a Fortissue, do mesmo ramo, da higiene pessoal, e que com 18 anos de experiência no mercado da higiene pessoal. Abriu portas em 2012, num investimento total de 9,5 milhões de euros e prevê até ao final do próximo ano investir mais de 17 milhões de euros na aquisição de novas máquinas, permitindo a criação de novas linhas de produção de fraldas para adultos, de tampões e pensos higiénicos.

A empresa produz fraldas descartáveis para crianças e adultos e outros produtos de higiene pessoal 100% fabricados em Portugal, fornece produtos “private label” para a grande distribuição em cada vez mais mercados internacionais. O seu objetivo é ser uma empresa “worldwide”, com distribuição e reconhecimento mundial.

Atualmente já exporta para destinos como França, Inglaterra, Noruega, Marrocos ou China e estão a abordar países como Alemanha, Colômbia, Venezuela, Cuba e Nigéria.

As três fábricas do grupo empregam 230 colaboradores e cerca de 90 por cento da produção sai das fábricas de Viana do Castelo para grandes retalhistas nacionais e internacionais, sobretudo da Europa.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
psp

Governo prevê poupar 3 milhões com fardas de militares e polícias

António Costa, primeiro-ministro, e Mário Centeno, ministro das Finanças. Fotografia: Maria João Gala / Global Imagens

Gastos com gabinetes sobem quase 2%

Pequim gostaria de trabalhar com Washington

Portugal e China discutem comércio e investimento em Pequim

Outros conteúdos GMG
Prémio europeu de inovação para fraldas 100% portuguesas