Presidente da Portucel Soporcel deixa cargo por motivos pessoais

José Alfredo de Almeida Honório anunciou a sua saída da presidência da Portucel Soporcel. A notícia da demissão, que aconteceu no dia 31, sexta-feira, foi hoje comunicada pela Comissão do Mercado de Valores Mobiliários.

Leia também: Portucel vende para 118 países. É a empresa portuguesa mais internacional

"Nos termos e para os efeitos do artigo 248.º do Código dos

Valores Mobiliários, informamos que o Senhor Dr. José Alfredo de Almeida Honório

renunciou, no dia 31 de janeiro de 2014, por motivos de ordem pessoal, ao exercício das

funções de administrador e de presidente da Comissão Executiva desta sociedade", lê-se nos comunicados enviados à CMVM.

Leia ainda: Portucel com vendas consolidadas de 1530,6 milhões de euros

José Honório, cujo mandato terminaria no final do ano (quadriénio 2011-2014), deverá manter-se à frente das empresas até ao final deste mês de fevereiro, tendo a empresa indicado já que será depois substituído interinamente por Luís Alberto Caldeira Deslandes.

Contactado, o grupo não quis fazer declarações sobre a saída de José Honório, porém, em comunicado, as empresas destacam o "período de longa colaboração, com desempenho e

resultados merecedores de um profundo reconhecimento por parte desta administração", acrescentando que a sociedade "vai prosseguir a estratégia que tem vindo a ser

implementada".

Na semana passada, o grupo Portucel apresentou os resultados referentes ao ano passado, em linha com os lucros de 2012 (210 milhões de euros), destacando-se pelas vendas

consolidadas de 1530,6 milhões de euros, um aumento de 1,9% face ao

ano anterior e que se deveu ao contributo positivo do negócio da

pasta e ao desempenho da área da energia.

Mais importante, as exportações do grupo chegaram a 118 países a valer 1215 milhões de euros, fazendo da Portucel a empresa portuguesa com presença em mais países.

José Honório, licenciado em Economia pela Faculdade de

Economia da Universidade de Coimbra, foi nomeado Presidente da Comissão Executiva

do grupo Portucel Soporcel em junho de 2004, cargo que acumulava com o de membro do Conselho

de Administração e da Comissão Executiva da Semapa e membro do

Conselho de Administração de diversas outras empresas dos grupos Portucel

Soporcel, Secil e Semapa. No grupo Queiroz Pereira desde 1989,

ingressou na Semapa em 1994 e participou na época na privatização da indústria

cimenteira portuguesa. Anteriormente desenvolveu a sua atividade na banca e na indústria

petrolífera.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de