transportes

Primeiro Alfa Pendular renovado sai às 16h de Santa Apolónia

A carregar player...

Presidente da CP afasta, para já, aumento de preços. Intervenção na frota custa cerca de 18 milhões de euros e estará concluída em 2019

O primeiro dos dez comboios Alfa Pendular da CP em renovação já está pronto para circular. O comboio “Manuel de Oliveira” parte às 16 horas desta sexta-feira da estação de Santa Apolónia com destino a Braga e já está pronto para integrar a rede da CP. A apresentação oficial foi feita esta sexta-feira e contou com a presença do Ministro do Planeamento e Infraestruturas, Pedro Marques, e do presidente da CP, Manuel Queiró.

A primeira renovação geral da frota do Alfa Pendular está a ser feita nas oficinas da EMEF, a empresa da manutenção ferroviária. Até 2019, os dez comboios serão renovados, quer no interior, quer no exterior. O investimento é de cerca de 18 milhões de euros: “é um investimento público pago pelo uso dos portugueses. A renovação será paga pela operação”, assinalou o presidente da CP.

Em 2017, serão renovados quatro comboios; nos dois anos seguintes, serão intervencionados três comboios por ano.

Manuel Queiró afastou a hipótese de aumento de preços para estes comboios. “Não estamos, para já, a anunciar um aumento de preços. O Alfa dá muito proveito à CP. Haverá, naturalmente, atualizações, mas nada de extraordinário”, adiantou aos jornalistas à margem da apresentação.

No âmbito desta renovação, a transportadora conta com 10 empresas portuguesas parceiras, que realizam 90% desta intervenção.

Os comboios Alfa Pendular entraram ao serviço em 1999, e, desde então, as 10 unidades desta frota Alfa Pendular já transportaram, no seu conjunto, mais de 26 milhões de clientes e percorreram mais de 45 milhões de quilómetros.

Fim dos alugueres em 2019

O presidente da CP indicou ainda que a empresa pretende deixar de alugar comboios a partir de 2019, quando estiver concluída a renovação de toda a frota do Alfa Pendular. “Ficaremos independentes de Espanha no prazo de três anos”, indicou Manuel Queiró à margem de apresentação.

Durante a renovação do Alfa Pendular, a CP terá de alugar comboios à Renfe (Espanha) para poder compensar o material que estará a ser intervencionado nas oficinas da EMEF.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
(DR)

Crédito ao consumo dispara 15% em outubro

(Paulo Spranger/Global Imagem)

Indemnizações pagas pelo Fundo de Garantia Salarial não escapam ao IRS

CP tem de entregar contrato de serviço público com o Estado até 31 de dezembro. (Leonardo Negrão / Global Imagens)

CP: Adiamento de manutenção de comboios regionais vale demissão

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Primeiro Alfa Pendular renovado sai às 16h de Santa Apolónia