Primeiro Yotel em Portugal abre no Porto em 2019

Foram investidos 30 milhões de euros na abertura do primeiro hotel em Portugal.

O grupo britânico Yotel, cuja estrutura acionista inclui a United Investments Portugal (UIP), vai abrir um novo hotel no Porto, num investimento de 30 milhões de euros, marcando a chegada a Portugal.

Em 2019, inaugura na Rua de Gonçalo Cristóvão uma unidade com aproximadamente 147 quartos, ginásio, sky bar e terraço no rooftop. A estreia no Porto deve-se à “força e capacidade para atrair uma procura cada vez maior” para a cidade, explica Hubert Viriot, CEO do Yotel, citado em comunicado.

O grupo hoteleiro liderado pelo fundador da YO, Simon Woodroffe, explica que a aposta no Porto “será a primeira de muitas na Península Ibérica”, havendo ainda planos para ampliar o portfólio de hotéis em Lisboa, Madrid e Barcelona. "O crescimento económico da região , juntamente com as novas rotas aéreas e os inúmeros eventos internacionais que vão receber, irão contribuir para que a região continue este desenvolvimento”, acrescenta.

A somar a este projeto, estão em desenvolvimento novas unidades em São Francisco, no novo aeroporto de Istambul, no aeroporto Changi, Londres, Edimburgo, Amesterdão, Glasgow, Park City, Dubai, Genebra e Miami.

Atualmente, a empresa detém quatro hotéis da marca Yotelair nos aeroportos de Londres Gatwick, Londres Heathrow, Amesterdão Schiphol e Paris Charles de Gaulle, e três hotéis de cidade da marca Yotel em Nova Iorque, Boston e Singapura.

Além da UIP, ps principais acionistas do Yotel são o grupo Al-Bahar, a IFA Hotels & Resorts, a Starwood Capital Group, e a Kuwait Real Estate Company.

*Notícia atualizada com mais informação às 13:15

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de