Prisa quer alterar estratégia da dona da TVI

Numa altura em que a estação televisiva tem visto as audiências caírem, dona da Media Capital quer mudar estratégia e liderança do grupo.

A Prisa está a planear uma alteração na estratégia na Media Capital. Operação pode passar pela alteração da liderança da dona da TVI, atualmente exercida por Rosa Cullell, avança a Bloomberg, citada pelo Jornal de Negócios.

A empresa espanhola que controla 94,96% da Media Capital pretende avançar para uma nova estratégia depois de não ter conseguido alienar a empresa. A substituição de Rosa Cullell como CEO da Media Capital pode estar "iminente", adianta a agência noticiosa, contudo ainda não foi tomada alguma decisão final.

O ano de 2019 tem sido marcado pela perda de liderança de audiências da estação televisiva pela primeira vez desde 2005. Nos primeiros seis meses do ano, a SIC obteve um share quase dois pontos percentuais acima da TVI. Em junho, a diferença entre as duas estações de televisão foi de 4,5%. O trambolhão nas audiências teve impacto nos resultados do grupo. O EBITDA baixou 83% no primeiro trimestre do ano e os resultados líquidos foram negativos (-1,4 milhões de euros).

No exercício de 2018, a Prisa reviu em baixa o valor do grupo português, avaliando-a em 254,5 milhões de euros, face aos 330 milhões a que estava registada em 2017 e aos 416 milhões de 2016.

Há dois anos a companhia espanhola tinha um acordo para vender a Media Capital à Altice por 440 milhões de euros, mas o negócio colapsou devido à oposição da Autoridade da Concorrência.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de