REN

Procura no aumento de capital da REN supera oferta em 165 milhões

O CEO da REN, Rodrigo Costa
O CEO da REN, Rodrigo Costa

A empresa liderada por Rodrigo Costa concluiu o aumento de capital de capital de 250 milhões.

A REN conseguiu obter os 250 milhões de euros de capital que pretendia, numa operação montada para financiar a compra dos ativos de gás da EDP. A empresa liderada por Rodrigo Costa informou, num comunicado enviado à CMVM, que “o aumento de capital social foi totalmente subscrito” e que a procura superou a oferta em 165,6%, ficando 164 milhões acima do montante pretendido.

Foram emitidas cerca de 133,2 milhões de ações a um preço de subscrição de 1,877 euros. E a procura dos investidores foi superior ao pretendido pela REN. A empresa informa que “a procura total registada no presente aumento de capital representou cerca de 165,6% do montante da oferta”. A procura levou a que quase 6,5 milhões de ações tivessem de ser atribuídas em rateio.

A REN fechou a compra dos ativos de gás da EDP num negócio avaliado em 530 milhões de euros. E referiu, no lançamento da operação de aumento de capital, que o montante encaixado serviria para “reembolsar em parte o financiamento que foi contratado para financiar a aquisição pela REN da EDP Gás, SGPS, S.A. e suas subsidiárias, EDP Gás Distribuição, S.A. E EDP Gás GPL – Comércio de Gás de Petróleo Liquefeito, S.A”.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Paulo Azevedo, Chairman e Co-CEO da Sonae, e Ângelo Paupério, Co-CEO da Sonae.

(Leonel de Castro / Global Imagens)

Sonae SPGS com lucros de 200 milhões até setembro

Veículos estacionados no porto de Setúbal, durante a greve dos estivadores precários, em Setúbal, 14 de novembro de 2018. Em causa está um diferendo laboral desencadeado por um grupo de estivadores precários e a empresa de trabalho portuário Operestiva, que afeta várias empresas, entre as quais a Autoeuropa. ANDRÉ AREIAS/LUSA

Setúbal: Operestiva disposta a negociar se estivadores voltarem ao trabalho

Primeira-ministra Theresa May, 14 de novembro de 2018. EPA/FACUNDO ARRIZABALAGA

Brexit: May consegue apoio do Governo e aprova rascunho do acordo final

Outros conteúdos GMG
Procura no aumento de capital da REN supera oferta em 165 milhões