Energia

Produção da EDP Renováveis aumentou 5% no primeiro semestre

João Manso Neto, presidente executivo da EDP Renováveis. Fotografia: DR
João Manso Neto, presidente executivo da EDP Renováveis. Fotografia: DR

A operação na América do Norte foi responsável por 55% do total da produção da empresa liderada por Manso Neto.

A EDP Renováveis (EDPR) aumentou em 5% a produção no primeiro semestre de 2019, em relação ao mesmo período do ano passado, para 16,2 TWh (Terawatt-hora), informou esta quarta-feira a empresa.

De acordo com um relatório publicado na Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), entre janeiro e junho de 2019, a operação da EDPR na América do Norte foi responsável por 55% do total da produção da empresa liderada por Manso Neto, na Europa por 41%, e no Brasil por 4%.

Em junho de 2019, a carteira operacional (capacidade instalada) da EDP totalizava 11,8 GW (Gigawatt) distribuídos por 11 países: 5,5 GW na Europa (2,4 GW em Espanha, 1,4 GW em Portugal e 1,7 GW nos restantes países europeus), 5,8 GW na América do Norte e 0,5 GW no Brasil.

A Energias de Portugal, S.A. (EDP) é a maior acionista da EDP Renováveis, que tem sede em Madrid e está cotada na bolsa de Lisboa.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Ana Catarina Mendes, líder parlamentar do PS. Fotografia:  Pedro Rocha / Global Imagens

PS quer acabar com vistos gold em Lisboa e no Porto

O ministro das Finanças, Mario Centeno. Fotografia ANDRÉ KOSTERS/LUSA

Finanças. Défice foi de 599 milhões de euros em 2019

João Paulo Correia, deputado do PS. MÁRIO CRUZ/LUSA

PS avança com aumento extra das pensões mas a partir de agosto

Produção da EDP Renováveis aumentou 5% no primeiro semestre