Galp

Produção da Galp subiu 11% até setembro

A produção líquida progrediu 11% relativamente ao terceiro trimestre do ano passado, passando para 102,3 barris/dia.

A produção de petróleo da Galp subiu 11% em termos homólogos no terceiro trimestre, segundo os dados preliminares comunicados pela empresa à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

De acordo com os dados operacionais preliminares comunicados pela Galp, a produção líquida (net entitlement) – após o pagamento de impostos em espécie aos países em que produz e que revertem integralmente para os resultados da Galp – progrediu 11% relativamente ao terceiro trimestre do ano passado, passando para 102,3 barris/dia.

A Galp, que sublinha que a apresentação de resultados do terceiro trimestre está prevista para 29 de outubro.

Por geografias, a produção no Brasil subiu 9% em termos homólogos, passando para 94,9 barris, e em Angola 31% para 7,4 barris/dia.

Segundo os dados preliminares comunicados à CMVM, a margem conseguida com a refinação de cada barril de petróleo caiu 21% em relação ao período homólogo e 4% face ao segundo trimestre deste ano, atingindo um valor médio de 5,8 dólares por barril.

Um dos indicadores macroeconómicos mais relevantes para as contas da Galp é a evolução da cotação do petróleo (Brent), que dita o preço a que os barris produzidos são colocados no mercado.

De acordo com os dados preliminares comunicados à CMVM, as cotações médias do brent aumentaram 44% relativamente ao período homólogo para os 75,2 dólares.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
(Gerardo Santos / Global Imagens)

Portugal recebeu mais de 18 milhões de turistas até agosto

(Gerardo Santos / Global Imagens)

Portugal recebeu mais de 18 milhões de turistas até agosto

TVI-930x594

CMVM a analisar pedido de registo de OPA à Media Capital

Outros conteúdos GMG
Produção da Galp subiu 11% até setembro