Tecnologia

Tem 24 anos e nasceu no Porto. Sara é estrela em ascensão no Reino Unido

Sara Martins, business developer da ITSCREDIT. (DR)
Sara Martins, business developer da ITSCREDIT. (DR)

Sara Martins trabalha para a startup portuguesa ITSCREDIT, que pertence ao grupo ITSector e que acompanha todas as fases do crédito bancário.

Há uma portuguesa a chamar a atenção no Reino Unido. Sara Martins foi premiada na noite de quinta-feira como estrela em ascensão no âmbito dos prémios Women in Credit, atribuídos pela revista britânica especializada em crédito e serviços Credit Strategy. A especialista portuguesa é business developer na ITSCREDIT, startup nacional que tem uma plataforma para acompanhamento das fases de um crédito bancário e que pertence ao grupo ITSector.

“Espero que esta distinção possa servir de inspiração para atrair e reter o talento de muitas outras mulheres para trabalhar na área financeira, mas também na área tecnológica, onde em Portugal, apesar do alto índice de empregabilidade, as mulheres representam ainda uma clara minoria”, reagiu Sara Martins, citada em nota de imprensa.

Com 24 anos e natural do Porto, Sara Martins é licenciada em Gestão pela Católica Porto Business School. Está no grupo ITSector há dois anos, tendo estado envolvida, desde o início, no lançamento da ITSCREDIT, spin-off da ITSector, refere a mesma nota de imprensa.

Entre os critérios do júri para a atribuição do prémio arrecadado por Sara Martins, foram tidos em conta serviços e conquistas que vão além do cumprimento do dever e excedem o esperado de alguém com menos de cinco anos de experiência. Fatores como o comprometimento com a progressão na carreira, a aquisição de novas competências e contribuições para a melhoria das boas práticas associadas à profissão foram também considerados.

Fundada no Porto, em 2005, a ITSector é especialista no desenvolvimento de software para o setor financeiro. Atualmente, conta com mais de 400 colaboradores, distribuídos pelos Centros de Tecnologias Avançadas de que dispõe no Porto, Lisboa, Braga, Aveiro e Bragança, e nos escritórios que detém na Polónia, Alemanha, Angola, Moçambique e no Quénia.

Atribuídos anualmente, os Women in Credit Awards visam reconhecer as mulheres que lideraram as suas equipas ou empresas, afirmando em simultâneo o equilíbrio de géneros na indústria financeira, destacando-as como exemplo para atrair e reter na área muitas outras mulheres talentosas.

 

 

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
(REUTERS/Tyrone Siu/File Photo)

Portugal é campeão na venda de carros elétricos, mas falta rede de carregamento

Fotografia: Pedro Rocha/ Global Imagens

Taxa turística já rende 30 milhões às câmaras. É uma subida de 56%

Huawei | Google | Android

Smartphones Huawei vão ser atualizados, garante a marca

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Tem 24 anos e nasceu no Porto. Sara é estrela em ascensão no Reino Unido