Projeto Primeira Pedra distinguido pela Comissão Europeia

Setor que trabalha a pedra natural portuguesa sai valorizado pela distinção do projeto Primeira Pedra ao vencer o 1.º prémio nacional na categoria "Apoio à internacionalização das empresas" dos European Enterprise Promotion Awards.

O projeto Primeira Pedra, que junta a indústria e o design no desenvolvimento de mais de 80 aplicações da pedra natural portuguesa que enaltecem a sua qualidade, durabilidade, versatilidade e a elegância cromática, reforçando a imagem internacional de Portugal, foi distinguido com o 1.º prémio nacional na categoria "Apoio à internacionalização das empresas" dos European Enterprise Promotion Awards (EEPA), uma iniciativa da Comissão Europeia.

Este projeto é fruto da parceria entre a associação portuguesa privada, sem fins lucrativos, fundada em 1964, que representa a indústria dos recursos minerais de Portugal, a ​​​​​​​ASSIMAGRA, a Experimenta Design e a Câmara Municipal de Porto de Mós.

"Primeira Pedra é um projeto que alia design, inovação e qualidade às competências existentes no setor da pedra natural para o fortalecimento do valor da pedra portuguesa e da indústria que agrega nos patamares mais competitivos do mercado internacional, reforçando a imagem internacional de Portugal", explica a ASSIMAGRA em comunicado.

"Nomes como Álvaro Siza, Amanda Levete, BijoyJain, Souto de Moura, Elemental, Mia Hãgg, Peter Saville, Sagmeister & Walsh; Ronan & Erwan Bouroullec ou Vladimir Djurovic, fazem parte de uma lista de 35 convidados de 15 nacionalidades e de grande notoriedade que já colaboraram com o projeto", prossegue a associação na mesma nota enviada à imprensa. "A aliança entre a indústria e o design permitiu o desenvolvimento de mais de 80 aplicações da pedra em duas edições de projeto que enaltecem a qualidade, durabilidade, versatilidade e a elegância cromática da pedra natural nacional e a ampla indústria que está ligada à sua extração e transformação."

Esta distinção vem também trazer maior visibilidade para este setor de atividade e para zona dos interior do país, a ele associadas. "Este projeto originou grande visibilidade e impacto neste setor de atividade, localizado geralmente em zonas do interior de Portugal mais desfavorecidas, bem como uma forte aproximação das empresas aos agentes locais, como é o caso da Câmara Municipal de Porto de Mós envolvida na realização da exposição Identidade", explica a ASSIMAGRA.

Os EEPA são uma iniciativa da Comissão Europeia com o propósito de distinguir as melhores práticas de promoção do empreendedorismo na Europa, em função do seu contributo específico para o desenvolvimento, crescimento económico e promoção do emprego.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de