Automóvel

PSA já produz K9 em Mangualde. Vai contratar mais 225 pessoas

Fotografia:  EPA/FILIP SINGER
Fotografia: EPA/FILIP SINGER

Fábrica antecipa para abril arranque do terceiro turno, que vai permitir montar mais cem carros por dia. 2017 foi melhor ano de produção desde 2014

A PSA de Mangualde começou já a produzir o K9, o novo ligeiro de mercadorias que estará à venda a partir do início de 2019. As primeiras unidades em pré-séries do novo modelo já estão a sair da fábrica do distrito de Viseu; a produção em série está prevista para o segundo semestre do ano. Ao mesmo tempo, a fábrica portuguesa do grupo liderado por Carlos Tavares, que engloba as marcas Citroën, Peugeot e Opel, vai assegurar o final da montagem dos veículos comerciais ligeiros Peugeot Partner e Citroën Berlingo. Isto vai obrigar a empresa a antecipar a criação de um terceiro turno de laboração, com a contratação de 225 pessoas, o que só estava previsto para o final deste ano.

“Temos sempre vários cenários a médio prazo. Este [da antecipação do terceiro turno] era um dos nossos melhores cenários que já estava em estudo”, refere ao Dinheiro Vivo fonte oficial da PSA Mangualde. A fábrica vai passar a produzir 300 carros por dia a partir de abril, sendo certo que o novo turno assegura uma “produção suplementar” de cem unidades ao dia. Em cada um dos outros turnos são produzidos 114 carros por dia, residindo a diferença no facto de o terceiro turno ser uma hora mais curto.

O Grupo PSA dá conta que o processo de recrutamento, destinado a contratar operacionais e trabalhadores para funções de apoio, está já em marcha. “Este é mais um passo importante do Mangualde 2020, projeto com o qual a empresa está a consolidar o seu futuro. Este novo projeto baseia-se na transformação da fábrica, mais renovada e com um novo produto, com um processo mais moderno, eficiente e ergonómico, a pensar no bem-estar dos colaboradores e adaptado às exigências e oportunidades da indústria 4.0”, destaca José Maria Castro Covelo, diretor da empresa de Mangualde.

Mas a laboração em três turnos só está garantida até ao final da produção dos Peugeot Partner e Citroën Berlingo. “A sua continuação dependerá essencialmente da resposta dos mercados ao novo modelo.” O K9, que será produzido de forma partilhada com a unidade da PSA em Vigo, destina-se a abastecer os mercados português, espanhol, francês, italiano e turco. Segundo os jornais espanhóis, a produção do K9 será de mais de 260 mil unidades em 2018, número que subirá acima das 350 mil no próximo ano.

Para se preparar para a produção do K9, a empresa de Mangualde recebeu de 50 milhões de euros, verba destinada ao investimento global na “industrialização do carro” e à “transformação da fábrica”. Um valor apoiado por fundos comunitários – foi um dos primeiros projetos a beneficiar do Portugal 2020 – e anunciado em junho de 2015. Na altura, a PSA Mangualde destacava que o lançamento da produção do K9, veículos de nova geração, estava associado à “ambição de aumentar o número de fornecedores nacionais da fábrica de Mangualde”.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
apple one

Apple One junta vários serviços, chega a Portugal mas com limitações. O que tem

A  90ª edição da Micam, a feira de calçado de Milão, está agendada para os dias 20 a 23 de setembro, com medidas de segurança reforçadas. Fotografia DR

Calçado. Micam arranca este domingo e até há uma nova marca presente

Os ministros da Presidência do Conselho de Ministros, Mariana Vieira da Silva (C), Economia, Pedro Sia Vieira (E) e do Trabalho Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho (D). MANUEL DE ALMEIDA/POOL/LUSA

Portugal é o quarto país da UE onde é mais difícil descolar do mínimo

PSA já produz K9 em Mangualde. Vai contratar mais 225 pessoas