Coronavírus

PSA Mangualde reabre na quarta. Produção de carros regressa na quinta

(NUNO ANDRÉ FERREIRA LUSA)
(NUNO ANDRÉ FERREIRA LUSA)

Fábrica do grupo Peugeot-Citroën em Portugal vai disponibilizar máscaras a todos os trabalhadores e viseiras a alguns dos funcionários.

A fábrica do grupo Peugeot-Citroën (PSA) em Mangualde vai reabrir esta quarta-feira, 6 de maio. No dia seguinte, será retomada a produção de veículos na unidade portuguesa do grupo liderado por Carlos Tavares, segundo informação divulgada esta segunda-feira. Esta unidade de produção está parada desde 18 de março.

“No dia 6 de maio terão início os trabalhos de preparação nas unidades de ferragem e pintura, e, a partir de 7 de maio, estarão em laboração todas as áreas de produção”, refere José Luis Mosquera, diretor do centro de produção de Mangualde, citado em nota de imprensa.

A PSA Mangualde apresentou, há duas semanas, um plano com mais de 100 medidas para que o regresso à produção seja feito com toda a segurança. As medidas vão ser implementadas pelo menos durante oito semanas; depois disso, serão reavaliadas.

O protocolo de medidas foi desenhado em conjunto com as autoridades de saúde locais e a comissão de trabalhadores, foi inspirado nas normas implementadas nas fábricas da PSA na China e foi validado pelos escritórios centrais do grupo automóvel francês.

O regresso à produção será feito de forma gradual: vai haver apenas um turno de produção, com 300 pessoas, o mesmo número que era aplicado antes de a pandemia obrigar ao encerramento da linha de montagem, em 18 de março.

Habituada a produzir 336 carros/dia (média superior a 100 unidades por turno), a fábrica também admite uma diminuição da produtividade nos primeiros dias após a reabertura da empresa.

Dia 21 de abril, o Dinheiro Vivo visitou a fábrica da PSA Mangualde. Leia a reportagem nesta página.

A PSA Mangualde é a última das quatro fábricas de automóveis a retomar a produção. Na semana passada, dia 27, a Autoeuropa reabriu as instalações. Esta segunda-feira, foi a vez da fábrica de mini-camiões da Mitsubishi Fuso, no Tramagal; terça, é a vez da fábrica de autocarros CaetanoBus, do grupo Salvador Caetano.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O primeiro-ministro, António Costa. JOÃO RELVAS/POOL/LUSA

Governo cria complemento salarial até 350 euros para trabalhadores em lay-off

O primeiro ministro, António Costa, fala aos jornalistas durante a conferência de imprensa, 04 junho 2020, realizada no final da reunião do Conselho de Ministros, no Palácio da Ajuda, em Lisboa.     MANUEL DE ALMEIDA / POOL/LUSA

Banco de Fomento para Portugal com “aprovação provisória”

O primeiro ministro, António Costa, fala aos jornalistas durante a conferência de imprensa realizada no final da reunião do Conselho de Ministros, no Palácio da Ajuda,  em Lisboa, 29 de maio de 2020. O Governo decidiu adiar a passagem para a terceira fase de desconfinamento na Área Metropolitana de Lisboa e criou regras especiais, sobretudo em atividades que envolvem “grande aglomerações de pessoas”.  MANUEL DE ALMEIDA/POOL/LUSA

Trabalhadores em lay-off passam a receber entre 77% e 92% do salário

PSA Mangualde reabre na quarta. Produção de carros regressa na quinta