Quem são os estrangeiros interessados nas casas de luxo portuguesas?

"Interesse internacional por imóveis de luxo em Portugal concentra-se na sua maioria em seis distritos, que acumulam 88,8% das visitas para procura de casas de luxo à venda no país", refere o Idealista.

São casas exclusivas, à venda em Portugal por mais de 1 milhão de euros, que atraem estrangeiros. Segundo dados revelados num estudo realizado pelo portal online imobiliário Idealista, os espanhóis (11,7%) são os que mais pesquisas realizam por imóveis de luxo em Portugal, seguidos pelos ingleses (11,6%), norte-americanos (9,7%), franceses (9,5%) e alemães (8,9%).

"Este interesse internacional por imóveis de luxo em Portugal concentra-se na sua maioria em seis distritos, que acumulam 88,8% das visitas para procura de casas de luxo à venda no país", refere o Idealista em comunicado. À cabeça dos distritos está, naturalmente, Lisboa, com 40% das pesquisas internacionais de propriedades de gama alta. E são os espanhóis os investidores estrangeiros com mais pesquisas feitas nesta região (11,1%), seguidos pelos ingleses (10,8%), brasileiros (10,4%) e franceses (7,1%).

O distrito de Faro é o segundo mais pesquisado, com 28%, estando os ingleses na liderança das buscas estrangeiras (12,9%), seguindo-se os holandeses (11,5%), franceses (10,5%), alemães e espanhóis (10,0% em ambos os casos).

Setúbal é o terceiro distrito mais pesquisado, com 8%. Os países com mais interesse foram a Alemanha (15,1%), Espanha (14,1%), Reino Unido (11,7%), França (10,5%) e Estados Unidos (7,6%).

Em quarto lugar está o distrito do Porto, com 6% das pesquisas de luxo realizadas por estrangeiros. Os espanhóis foram os que mais interesse mostraram (13,6%), seguidos pelos brasileiros (12,5%), franceses (11,9%), norte-americanos (11,2%) e ingleses (7,5%).

A Ilha da Madeira está em quinto lugar, com 4%. Os ingleses (21,1%) e os alemães (20,9%) são os mais ativos na busca, seguidos pelos norte-americanos (5,4%), suíços (4,6%) e os franceses(4,3%).

Por fim, para encerrar o top6, vem o distrito de Braga, com 2%. A nacionalidade que mais revelou interesse por este distrito foi a francesa (25,7%), seguida pelos brasileiros (12,0%), suíços (10,5%), espanhóis (10,0%) e ingleses (8,3%), revela o Idealista.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de