Rafael Nadal compra quarteirão da Pastelaria Suíça

A Mabel Capital, empresa espanhola participada pelo tenista Rafael Nadal, fechou a compra do quarteirão da Pastelaria Suíça por 62 milhões de euros.

A Mabel Capital, empresa espanhola participada pelo tenista Rafael Nadal, fechou a compra do quarteirão da Pastelaria Suíça, em plena Praça do Rossio, em Lisboa.

A notícia foi avançada pelo El Confidencial no passado dia 3 de março e confirmada pelo jornal Expresso, que, na sua edição deste sábado, indica o valor do negócio de venda dos quatro edifícios: 62 milhões de euros.

A Mabel Capital é representada em Portugal pela JCKL Portugal - Investimentos Imobiliários, adianta o semanário. Fonte oficial do anterior proprietário, a Sociedade Hoteleira Seoane disse ao jornal que a venda foi concluída no dia 26 de fevereiro e também a Mabel Capital confirmou o negócio.

O El Confidencial tinha avançado com o valor de 74 milhões de euros. Ainda assim, por 62 milhões de euros, os 12 mil metros quadrados de área dos quatro edifícios, corresponde a mais de 5.000 euros por metro quadrado, adianta o Expresso. Um montante superior aos cerca de 3.500 euros de anteriores transações imobiliárias na mesma zona.

A empresa espanhola terá de investir na reabilitação e transformação dos quatro edifícios, que se encontram em ruínas desde 2003, tendo a Câmara Municipal imposto obras coercivas, que estão em curso.

A Sociedade Hoteleira Seoane, dona e gestora dos hotéis Olissippo, em Lisboa - Lapa Palace, Oriente, Marquês de Sá, Saldanha e Castelo -, comprou o quarteirão da Pastelaria Suíça em 2003 e queria transformar todo o imóvel num hotel de cinco estrelas.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de