Futebol

Raio X à Liga portuguesa: adeptos, golos e receitas de bilheteira

Jesus e Gaitan
( Pedro Rocha / Global Imagens )
Jesus e Gaitan ( Pedro Rocha / Global Imagens )

Conheça os jogos mais e menos vistos da liga, a evolução do total de adeptos e receitas com bilheteira e os clubes acima da média além dos grandes

As 34 jornadas da liga que agora terminou puxaram um total de 3,3 milhões de adeptos para os estádios a uma média de 10,8 mil espetadores por cada jogo de cada jornada. Estes valores representam um aumento face ao registado na época anterior, quando a Liga contabilizou 3,09 milhões e uma média de 10,1 mil adeptos por jogo, segundo dados da própria liga.

A justificar o crescimento estiveram essencialmente Benfica e o Sporting. Os encarnados bateram o recorde de adeptos no estádio numa época da liga, puxando 855 mil adeptos para os seus 17 jogos caseiros, o que significa uma média de 50,3 mil espetadores por jogo, mais do que qualquer clube conseguiu desde pelo menos 2007-08.

Já o Sporting bateu o seu “recorde pessoal” esta época, acumulando uma assistência total de 679,8 mil espetadores nos jogos caseiros – 39,9 mil por jogo. Em termos relativos, aliás, a “culpa” do crescimento no total de espetadores da liga é até mais do Sporting, já que registou um crescimento de 14,3% nas assistências esta época, contra o salto de 3,7% dado pelo Benfica.

Também o Porto viu o total de adeptos no estádio crescer de uma época para a outra, apesar das agruras que este ano desportivo deixou no Dragão. Foram 549 mil, ou 32,3 mil por jogo caseiro, uma ligeira recuperação (1,5%) face à época passada mas ainda longe de compensar o impacto que o menor rendimento desportivo tem tido no apetite pelas idas ao estádio – ver gráfico.

Evolução da média espetadores por jogo na Liga Portuguesa

Evolução da média espetadores por jogo na Liga Portuguesa

Mas isto das médias por vezes engana, prejudicando os “não grandes”. Se a liga puxou 3,3 milhões de adeptos, os jogos em casa do Benfica, Sporting e Porto foram responsáveis por 2 milhões destes (concentram 63% do total), o que implica que os restantes 15 clubes conseguiram puxar 1,2 milhões de adeptos para os seus estádios.

Aqui destaque seja feito ao Vitória de Guimarães e ao Sporting de Braga, os únicos dois clubes que além dos três grandes conseguem puxar mais adeptos para os seus estádios que a média da liga: foram 12,4 mil por jogo no caso do Guimarães e 11,2 mil no caso do Braga – se contarmos também com estes dois, então há uma concentração de 75% dos espetadores em cinco clubes.

A exceção dos dois rivais minhotos fica notória se tivermos em conta que, retirando da equação os três grandes, os dois jogos que mais adeptos puxaram aos estádios esta época foram precisamente o Guimarães – Braga (19,5 mil) e o Braga – Guimarães (13,2 mil).

Já contando com os jogos dos três grandes, estes desafios acabaram por ser o 55º e 64º mais vistos da liga.

O Vitória de Guimarães – Sporting Braga (0-1), na jornada 6, foi o jogo mais visto sem contar com os jogos de SLB, SCP e FCP (Foto: Miguel Pereira/Global Imagens)

Receitas e bilheteiras

O Braga e o Guimarães surgem igualmente no quarto e quinto jogo com mais espetadores registados ao longo da última época, mas ambos foram jogados fora. Aliás, no top10 de jogos com mais adeptos, um clube domina, o Benfica, que recebeu nove dos dez jogos com mais espetadores e foi visitante no décimo jogo com mais adeptos – naquele que acabou por ser o jogo do título, em Alvalade.

Mas o longo ranking dos jogos com mais e menos adeptos, deixa também evidente as distintas realidades do futebol português – se é que havia dúvidas -, que vão desde os mais de 64 mil espetadores que marcarem presença no jogo mais visto e as 705 pessoas que estiveram no jogo menos visto do campeonato. E isto, no que toca às contas dos clubes, faz muita diferença. Contudo, este é um campo onde a grande maioria dos clubes ainda não apresenta dados publicamente, reportamo-nos por isso aos três grandes:

clubes de futebol-02

Ainda sem valores disponíveis para toda a temporada, os dados relativos ao primeiro semestre da temporada dos três grandes deixam clara a diferença de valores entre Benfica e Sporting e o Porto, reflexo do tal menor apetite dos adeptos azuis e brancos pelos jogos no Dragão.

A salientar na análise a estes gráficos o facto dos valores para as receitas de bilheteira do Sporting incluírem todo e qualquer jogo – oficial ou amigável – realizado desde a pré-época, sendo que nos restantes clubes a desagregação de dados não é tão clarificadora. Além disso, pode acontecer um clube ter tido mais (ou menos) um jogo em casa no período que os restantes – ou que no período homólogo.

Mas voltando ao ranking dos jogos mais e menos vistos, eis a lista:

clubes de futebol-04

Apesar de caberem ao Arouca os dois jogos menos vistos da liga, é de salientar que a média mais baixa de toda a liga cabe ao Moreirense, clube que puxou uma média de 2245 espetadores por jogo no seu estádio, pouco abaixo dos 2252 do União da Madeira e dos 2490 do Nacional da Madeira, respetivamente penúltimo e antepenúltimo deste ranking. Já o Arouca atingiu os 2883.

Jornadas mais e menos vistas

Saindo da esfera individual e olhando para o global, cabe destacar agora as duas jornadas que mais e menos espetadores puxaram aos estádios. Do lado do “mais”, e apesar de na última ronda do campeonato se ter registado o jogo mais visto [o Benfica – Nacional], foi o extremo oposto que puxou mais adeptos.

Jonas e Gaitan festejam o 2-0 ao Nacional na última jornada. ( Pedro Rocha / Global Imagens )

Benfica – Nacional foi o jogo mais visto da liga: 64 mil adeptos (Pedro Rocha/Global Imagens )

Na primeira jornada da liga estiveram 150,3 mil espetadores nos estádios, o valor mais alto de todo o campeonato e bem acima do registado na segunda jornada que mais adeptos entusiasmou, precisamente a última ronda da liga, que contou com 132 mil espetadores.

Por outro lado, as jornadas 13 e 16 foram as que levaram menos adeptos ao estádio: foram 67,9 mil na 16ª ronda e 68,4 mil na 13ª ronda. Curiosamente, Porto e Benfica jogaram em casa na jornada que levou menos adeptos aos estádios. Para servir de comparação, resta dizer que cada jornada da liga contou com um 97 mil espetadores em média

Como remate final, os golos:

clubes de futebol-03

 

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Emmanuel Macron, Pedro Sanchez, Angela Merkel, Donald Tusk, Jair Bolsonaro e Mauricio no G20 de Osaka, Japão, 29 de junho de 2019. Fotografia: REUTERS/Jorge Silva

Vírus da guerra comercial já contamina acordo entre Europa e Mercosul

Fotografia: Armando Babani/ EPA.

Sindicato do pessoal de voo lamenta “não atuação do Governo” na Ryanair

O presidente da China, Xi Jinping, fez uma visita de Estado a Portugal no final de 2018. Fotografia: Filipe Amorim/Global Imagens

Angola e China arrastam exportações portuguesas. Alemanha e Itália ainda não

Outros conteúdos GMG
Raio X à Liga portuguesa: adeptos, golos e receitas de bilheteira