Telecom

Receitas da Meo/Altice caem 5,4% para 516 milhões no 2.º trimestre

Alexandre Fonseca, CEO da Altice Portugal
Alexandre Fonseca, CEO da Altice Portugal

As receitas da Meo/Altice Portugal cifraram-se em 516 milhões de euros no segundo trimestre deste ano, mais 1,8% face ao trimestre precedente e menos 5,4% face ao trimestre homólogo de 2017, anunciou esta quinta-feira o grupo Altice.

No mesmo período, o resultado antes de impostos, juros, depreciações e amortizações (EBITDA) atingiu 222 milhões de euros, mais 2,4% do que no trimestre precedente e menos 12% do que no trimestre homólogo de 2017.

Em relação ao investimento (CAPEX) no segundo trimestre, o grupo Altice informa num comunicado que este foi de 106 milhões de euros no segundo trimestre, contra 100 milhões de euros no período homólogo de 2017, refletindo “os contínuos investimentos na rede e a melhoria das práticas comerciais”.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
(Artur Machado / Global Imagens)

Dinheiro Vivo mantém-se líder digital dos económicos

(Artur Machado / Global Imagens)

Dinheiro Vivo mantém-se líder digital dos económicos

O ex-diretor das Grandes Empresas da Caixa Geral de Depósitos, José Pedro Cabral dos Santos na II comissão Parlamentar de Inquérito à Recapitalização da Caixa Geral de Depósitos e à Gestão do Banco, na Assembleia da República. MÁRIO CRUZ

Cabral dos Santos apresenta carta a desmentir Berardo sobre créditos na CGD

Outros conteúdos GMG
Receitas da Meo/Altice caem 5,4% para 516 milhões no 2.º trimestre