Turismo

Receitas dos hotéis PortoBay crescem 3% para 82 milhões em 2018

António Trindade, presidente do grupo  PortoBay  Hotels & Resorts.
António Trindade, presidente do grupo PortoBay Hotels & Resorts.

O grupo hoteleiro nacional está a investir mais de 20 milhões de euros em três novos projetos.

As receitas do grupo hoteleiro nacional PortoBay cresceram 3% no ano passado para 82 milhões de euros, o que representa o melhor ano de sempre para a empresa. A contribuir positivamente para esta evolução estiveram em especial as unidades que o grupo detém na Madeira – um total de seis hotéis – e em Lisboa – onde tem dois.

De acordo com o grupo liderado por António Trindade, as duas unidades hoteleiras na capital estão a beneficiar do bom momento que o turismo em Lisboa atravessa – em 2018, a área metropolitana de Lisboa recebeu mais de 7,4 milhões de hóspedes (de acordo com os dados mais recentes do INE). A taxa de ocupação destes hotéis superou os 85% em 2018.

Já na Madeira, a taxa de ocupação esteve na casa dos 91%, tendo a receita destas unidades aumentado quase 2% face a 2017. A taxa de ocupação, neste destino, alcançou os 47,2%.

A cadeia PortoBay está também presente no Brasil, onde detêm três unidades: Rio de Janeiro, Búzios e São Paulo. A receita operacional cifrou-se nos 46,2 milhões de reais, mais quase 11% que em 2017. Contudo, a operação no Brasil penalizou os resultados por via da desvalorização cambial. Sem a depreciação do real, as receitas do grupo teriam alcançado os 83,2 milhões de euros.

O grupo hoteleiro abriu já este ano uma unidade no Porto, o PortoBay Hotel Teatro, de quatro estrelas, com 74 quartos. Sendo que, pretende abrir em julho deste ano uma nova unidade de cinco estrelas na Invicta – o PortoBay Flores – localizada no centro da cidade. Na Madeira, a cadeia está a ser desenvolvido o hotel Les Suites, no Cliff Bay. Terá 23 suítes de luxo, localizadas no promontório único com vistas sobre os jardins e o mar numa área total de seis mil metros quadrados.

Em conferência de imprensa, António Trindade, indicou que neste três projetos estão a ser investidos cerca de 23 milhões de euros.”Fazemos este investimento em 2018 até meados de 2019, mas também temos investimentos na requalificação do grupo. Em 2018, fizemos investimentos de requalificação que rondaram os quatro milhões de euros”, disse o CEO do PortoBay.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Alexandre Fonseca, presidente da Altice Portugal (Reinaldo Rodrigues/Global Imagens)

Altice sobre compra TVI. “Estado perdeu 200 milhões num ano”

Alexandre Fonseca, presidente da Altice Portugal (Reinaldo Rodrigues/Global Imagens)

Altice sobre compra TVI. “Estado perdeu 200 milhões num ano”

Combustíveis

Petróleo sobe em flecha. “Não haverá impacto perturbador nas nossas algibeiras”

Outros conteúdos GMG
Receitas dos hotéis PortoBay crescem 3% para 82 milhões em 2018