Rede 5G vai permitir visitas virtuais e ensino inovador  

Escola João Gonçalves Zarco, em Matosinhos, é a primeira escola 5G do país com rede da NOS. Está pronta para desenvolver projetos-piloto na educação.

Hugo Escaleira visitou o Pavilhão do Conhecimento, em Lisboa, sem sair da sala de aula da Escola João Gonçalves Zarco, em Matosinhos. Com recurso a tecnologia 5G e realidade virtual, bastou colocar uns óculos e pegar no comando que controlou um robô com câmara de 360 graus, para se sentir "transportado" para o pavilhão, onde assistiu à formação de um tornado e outros fenómenos.

Foi "praticamente como se estivesse lá", descreveu o jovem de 17 anos, aluno do 12º ano, no fim da experiência que serviu para apresentar, esta semana, a João Gonçalves Zarco como a primeira escola 5G do país, na sequência de um projeto-piloto que permitiu a instalação daquela rede da NOS.

Com esta tecnologia, os professores "podem ter na palma da mão todo o acesso ao conhecimento do mundo e podem ir ao local onde as coisas acontecem, que é uma experiência riquíssima", considerou José Ramos, diretor da escola, antevendo um potencial enorme no processo de aprendizagem dos alunos.

A expectativa é que a partir de agora, docentes e técnicos da NOS e da Ericsson (parceiro tecnológico para a implementação da rede em Matosinhos), possam projetar "situações inovadores" e desenvolver "conteúdos programáticos adaptados aos currículos das disciplinas", acrescentou José Ramos. A ideia é que os jovens se sintam "capacitados" quando saírem da escola. Que sintam que "saíram de um local onde o futuro estava a acontecer" e estejam habilitados para se "integrarem" com facilidade.

O jovem Hugo corrobora a ideia. Esta tecnologia "consegue revolucionar o ensino e torná-lo mais apelativo e interessante", assegurou.

Reduzir barreiras geográficas e sociais

Aquando da assinatura do protocolo entre a escola, a NOS e a Ericsson, com vista ao desenvolvimento de projetos tecnológicos que permitam à comunidade escolar tirar partido do 5G, Manuel Ramalho Eanes, administrador Executivo da NOS, disse acreditar que a tecnologia ajudará a potenciar experiências e a reduzir barreiras geográficas e sociais.

"Acreditamos que, com a introdução da tecnologia 5G, podemos fazer com que os alunos acedam a quase toda a tipologia de experiências sem nenhuma barreira geográfica e social, para terem acesso a conteúdos". "Queremos, com a ajuda da escola, tornar os conteúdos mais apelativos, mais interessantes e com mais valor, para facilitar a aprendizagem", especificou Manuel Ramalho Eanes.

Algumas tipologias de aprendizagem têm "mais riqueza se forem feitas numa visão tridimensional, muito aproximada da real", disse o administrador, apontando "o estudo do corpo humano por alunos de medicina" como um exemplo. "Ao estudarmos as coisas tão próximo quando possível da realidade, podemos aprender mais depressa. Aprendemos mais depressa pelo exemplo e pela experiência do que muitas vezes pela leitura ou mensagem diferida", concluiu.

Sofia Vaz Pires, CEO da Ericsson Portugal, referiu que "as redes móveis terão um papel fundamental na conexão dos estabelecimentos escolares aos alunos".

Matosinhos torna-se, desta forma, um "exemplo" para o país, mostrando "o que vai acontecer na educação" com a introdução do 5G, destacou Luísa Salgueiro, presidente da Câmara.

É necessário ensinar aos alunos, "o mais precocemente possível", matérias como programação, "para que os nossos jovens estejam preparados para trabalhar em qualquer parte do mundo, num mercado de trabalho global, ao mais alto nível", considera Luísa Salgueiro, destacando que respostas tecnológicas e digitais como esta são uma "peça" essencial para que isso aconteça.

O município, sublinha ainda a autarca, está "preparado para responder aos grandes desafios que a transição digital nos coloca", pois é o "primeiro concelho 5G e a primeira zona livre tecnológica no país". Ou seja, "está preparado para testar todos os modelos de inovação, assim que a legislação o permita, designadamente o primeiro carro autónomo".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de