Tecnologia

“Rede social do trabalho” contrata 50 pessoas para o Porto

Equipa da Xing conta atualmente com 80 pessoas no Porto.
Equipa da Xing conta atualmente com 80 pessoas no Porto.

Alemães da Xing vão mudar-se para Matosinhos em 2019 e passarão a ter 130 trabalhadores.

A Xing é considerada a principal rede profissional de expressão alemã. Instalou-se em Portugal no final de 2017 com um centro de tecnologia no UPTEC – parque de ciência e tecnologia da Universidade do Porto. Atualmente com 80 pessoas, prepara-se para um ano de 2019 recheado de novidades e que apenas poderão apresentadas se forem acrescentadas pessoas à equipa. A empresa alemã está atualmente a contratar 50 novos trabalhadores e prepara-se para mudar de instalações.

A tecnológica alemã está à procura de frontend engineers, backend engineers, data scientists & engineers, team leads e scrum master, que irão desenvolver produtos como o kununu engage, “plataforma de análise do trabalhador que disponibilizará perspetivas sobre o envolvimento e o espírito do mesmo no decorrer das tarefas”, refere a nota de imprensa divulgada esta quinta-feira. As candidaturas podem ser feitas através desta página.

Com estas 50 contratações, a Xing passará a ter uma equipa de 130 pessoas até ao final do primeiro semestre. Entretanto, a equipa irá mudar-se em janeiro para novas instalações, em Matosinhos, num escritório com 1000 metros quadrados, segundo a informação obtida pelo Dinheiro Vivo.

A empresa faz um balanço positivo do primeiro ano em Portugal. “Estamos muito felizes com a forma como a nossa equipa do Porto cresceu nos últimos 12 meses e com o bom desempenho patente nos produtos que construímos para a XING. É gratificante verificar o quanto a equipa se identifica com os produtos e o quanto contribui para as soluções que estão a ser construídas”, destaca Arne Kittler, diretor de produto.

Fundada em 2003, a Xing conta com 15 milhões de membros na sua rede profissional e seis escritórios na Europa, em Hamburgo, Munique, Barcelona, Viena, Zurique e Porto. Ao todo, há cerca de 1300 pessoas a trabalhar para esta empresa alemã, que gerou receitas de 170 milhões de euros nos primeiros nove meses de 2018.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Fátima Fonseca , Secretária de Estado da Administração e Emprego Público.

Leonardo Negrão / Global Imagens

Aumentos em serviços sem processos centralizados podem ficar para março

Foto: Jorge Amaral/Global Imagens

Governo: Cabe ao regulador dos seguros avaliar idoneidade de Tomás Correia

( Paulo Spranger / Global Imagens) .

PCP quer saber o que se passa com os precários de seis laboratórios do Estado

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
“Rede social do trabalho” contrata 50 pessoas para o Porto