Remax cresce 54% em faturação no primeiro trimestre

2013 foi o segundo melhor ano da empresa
2013 foi o segundo melhor ano da empresa

A Remax Portugal fechou o primeiro trimestre deste ano com um crescimento de 54% na faturação em relação ao mesmo período do ano anterior. Nos primeiros três meses de 2014, a imobiliária realizou 5143 transações, mais 12% do que no período homólogo de 2013.

Até março, a empresa realizou 2464 vendas, mais 44% do que nos primeiro três meses do ano passado. No entanto, no arrendamento verificou-se uma descida de 10%: este ano foram arrendados 2605 imóveis pela Remax, menos 285 do que no mesmo período de 2013.

Veja também: A super mediadora que faturou 1,12 milhões a vender casas

Lisboa é a cidade que concentra metade das vendas e dos arrendamentos, seguindo-se Sintra, Cascais e Oeiras. No quinto lugar do top das vendas surge o concelho de Braga, enquanto nos arrendamento é o concelho de Almada que ocupa a mesma posição.

“Fechámos o ano de 2013 como o segundo melhor ano de sempre da Remax numa conjuntura económica complexa e continuamos a crescer nos primeiros meses do ano, o que nos dá boas perspetivas para o ano de 2014” afirma a CEO da Remax Portugal, Beatriz Rubio.

No ano anterior, a Remax transacionou cerca de 20 mil imóveis, o que se traduziu num crescimento de 30% da faturação face ao ano de 2012 e consagrou o segundo melhor ano de sempre da marca desde que está presente em Portugal, há 14 anos.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
The World Economic Forum, Davos
Fabrice COFFRINI/AFP

Líderes rumam a Davos para debater a nova desordem mundial

Mário Centeno

Privados pedem ao Estado 1,4 mil milhões de euros em indemnizações

Luis Cabral, economista.
(Leonardo Negrão / Global Imagens)

Luís Cabral: “Pobreza já não é só ganhar 2 dólares/dia”

Remax cresce 54% em faturação no primeiro trimestre