Remax vendeu quase 10 mil imóveis no primeiro trimestre

Grupo imobiliário teve o melhor trimestre de sempre em Portugal

A Remax fechou o primeiro trimestre com um total de 12.603 transações, sendo 3.258 de arrendamento e 9.345 vendas diretas, o que representa um crescimento homólogo de 19%. A divisão de luxo da empresa, a Remax Collection, foi responsável por 481 destas transações, mais 48% do que em igual período do ano passado. O primeiro trimestre de 2017 foi "o melhor de sempre", garante a empresa em comunicado.

Em causa está o recorde de recrutamento batido nos primeiros três meses do ano, com a contratação de 383 novos agentes, para mais de 5.400 no total, e de faturação, com um crescimento de 40% face a 2016. A empresa não indica o montante faturado, sublinhando, apenas, que estes números "contribuíram para reforçar a liderança de mercado" tanto da Remax como da Remax Collection.

No comunicado, Beatriz Rubio, CEO da Remax, destaca o desempenho do segmento mais premium: "Estamos muito satisfeitos com os resultados da Remax Collection que, nos últimos anos, tem vindo a reforçar a sua liderança de mercado e que, no primeiro trimestre de 2017, cresceu acima da média de mercado nas duas variáveis tradicionalmente analisadas, 48% em transações e 55% em volume de negócios".

Durante este período, em que a marca cresceu em todos os segmentos de mercado, com exceção do arrendamento, a Remax abriu 15 novas agências, perfazendo um total de 248 lojas em Portugal.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de