restauração

Restaurantes de Jamie Oliver em insolvência. Mais de mil empregos em risco

Jamie Oliver lançou o Jamie's Italian em 2008. (REUTERS/Eric Gaillard - RC15514B0F50)
Jamie Oliver lançou o Jamie's Italian em 2008. (REUTERS/Eric Gaillard - RC15514B0F50)

São 25 os restaurantes em risco de fechar portas no Reino Unido - 23 dos quais de comida italiana (Jamie's Italian).

A cadeia de restaurantes do britânico Jamie Oliver pediu insolvência. O pedido pode avançar ainda esta terça-feira e deverá ser a KPMG a nomeada para lidar com o processo. São mais de mil os postos de trabalho em risco, indica o Guardian.

“Estou profundamente triste com este desfecho e gostaria de agradecer a todos os funcionários e fornecedores que colocaram seus corações e almas neste negócio durante mais de uma década”, disse Jamie Oliver ao diário britânico.

São 25 os restaurantes em risco de fechar portas, todos eles no Reino Unido – 23 dos quais de comida italiana (Jamie’s Italian).

“Lançamos o Jamie’s Italian em 2008 com a intenção de ser uma oferta disruptiva positiva para o mercado de mid-market na high street do Reino Unido, com grande valor e ingredientes de maior qualidade, melhores padrões de bem-estar animal e uma incrível equipa que compartilhou a minha paixão por boa comida e serviço. E nós fizemos exatamente isso”, acrescentou.

A KPMG ainda não fez qualquer comentário sobre a situação.

Jamie Oliver, que foi descoberto pela BBC quando era chef no London’s River Cafe, tornou-se conhecido pelo seu programa “Naked Chef” (“Chef nu”, em português), transmitido em dezenas de países. O chef usou a sua reputação e mediatismo para pressionar políticos a combater os crescentes problemas de obesidade infantil, através de campanhas por refeições escolares mais saudáveis.

O grupo registou perdas de 20 milhões de libras (22,83 milhões de euros) em 2018, fruto de uma quebra de 11% nas vendas, para 101 milhões de libras (115,27 milhões de euros).

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Fotografia: João Manuel Ribeiro/Global Imagens

Número de desempregados é o mais baixo dos últimos 28 anos

Fotografia: João Manuel Ribeiro/Global Imagens

Número de desempregados é o mais baixo dos últimos 28 anos

O antigo ministro das Finanças, Teixeira dos Santos ouvido na II Comissão Parlamentar de Inquérito à Recapitalização da Caixa Geral de Depósitos e à Gestão do Banco. Assembleia da República, Lisboa, 19 de junho de 2019. MIGUEL A. LOPES/LUSA

As razões de Teixeira dos Santos – e aquilo que nunca soube

Outros conteúdos GMG
Restaurantes de Jamie Oliver em insolvência. Mais de mil empregos em risco