Turismo

Revive: Convento dos Capuchos em Leiria concessionado a grupo de empresários

Ana Mendes Godinho, secretária de Estado do Turismo. Fotografia: Paulo Spranger/ Global Imagens
Ana Mendes Godinho, secretária de Estado do Turismo. Fotografia: Paulo Spranger/ Global Imagens

O Convento de Santo António dos Capuchos, em Leiria, vai ser num hotel de quatro estrelas. O imóvel foi concessionado a um grupo de empresários.

O Convento de Santo António dos Capuchos, em Leiria, vai ser transformado num hotel de quatro estrelas, com 50 quartos, piscina e restaurante, por um conjunto de empresários locais. Este imóvel é um dos 33 que foi selecionado para integrar o programa Revive, que visa dar uma segunda vida a património cultural e histórico devoluto através da concessão dos imóveis a privados para desenvolvimento de projetos turísticos. Este é, de resto, o sexto concurso Revive a ser adjudicado.

“O concurso foi ganho pelo agrupamento composto por António Luís Sampaio de Almeida, Carlos Martins Oliveira e Paulo José Pereira De Sousa. A concessão é feita por 50 anos. O investimento total para a recuperação do edificado está estimado em 4,5 milhões de euros e a renda anual é de 40,1 mil euros”, revela o comunicado da secretaria de Estado do Turismo.

O Convento de Santo António dos Capuchos tem origem em 1657 e foi a “casa” de ordens religiosas. Com a extinção das mesmas em Portugal, em 1834, o imóvel ficou “na posse do Estado, que o transformou em hospital militar em 1864. Foi restaurado em 1904 e encontra-se devoluto há vários anos”.

Ana Mendes Godinho, secretária de Estado do Turismo, em comunicado, diz que: “a recuperação do Convento de Santo António dos Capuchos no âmbito do Revive é uma ótima notícia para a cidade de Leiria. É um imóvel marcante que voltará a ser fator de geração de riqueza e de criação de postos de trabalho para a economia leiriense”.

Ana Santos Pinto, secretária de Estado da Defesa Nacional, considera que “a integração deste monumento histórico no programa Revive põe fim ao longo processo de degradação do Convento dos Capuchos. A sua localização privilegiada na cidade de Leiria, torna-o um edifício incontornável, que será agora revitalizado e plenamente integrado no processo de desenvolvimento regional. A Defesa Nacional cumpre, assim, o objetivo de valorização do património por que é responsável, possibilitando a sua fruição alargada”.

Quartel da Graça

Ainda nesta segunda-feira, 4 de fevereiro, o governo lançou o concurso para a concessão do Quartel da Graça. Este imóvel vai ser concessionado a privados durante 50 anos – período máximo previsto pelo Revive – e vai transformar-se num hotel de cinco estrelas.

Para isso, vai ser necessário um investimento na ordem dos 30 milhões de euros, sendo que a renda anual é de 332 604 euros. A área de construção total é de 15 495 m2, ficando de fora a zona relativa à igreja e respetivo jardim.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
(Rui Oliveira / Global Imagens)

Marcas aceleram nas promoções para tirar travão nas vendas

Fotografia: Gonçalo Delgado/Global Imagens

Resposta à pandemia traz riscos de má gestão e corrupção do dinheiro público

Restauração recuperou volume de negócios

CIP: 61% das empresas ainda não recebeu financiamento

Revive: Convento dos Capuchos em Leiria concessionado a grupo de empresários