viagens

Revolut: Portugueses gastaram 48 euros por dia nas férias

Revolut Portugal | Ricardo Macieira

Reino Unido, Espanha, EUA, Holanda e França no top de destinos dos millennials nacionais

Os millennials portugueses viajaram mais em 2019 e gastaram, em média, 48 euros por dia, nas férias. Reino Unido, Espanha, Estados Unidos, Holanda e França foram os destinos preferenciais. Os dados são da Revolut, que analisou os hábitos de consumo em viagem dos sete milhões de utilizadores do seu cartão na Europa.

Assim, cerca de 22% dos portugueses viajaram entre janeiro e agosto de 2019, valor que compara com os 16% do período homólogo. Gastaram, em média, 48 euros por dia, nas férias, menos dois do que no estudo anterior, o que nos coloca a meio da tabela comparativamente com os gastos diários de países da Europa.

Os cipriotas parecem ser os mais gastadores, com 71 euros médios por dia, seguidos dos britânicos., com 62 euros em média, e dos suecos, com 53 euros por dia. No fim da tabela surgem os lituanos, os italianos e os gregos que gastaram, em média, 33, 37 e 39 euros, respetivamente.

Se o Reino Unido, Espanha, Estados Unidos, Holanda e França foram os destinos mais populares entre os millennials portugueses, já Taiwan, Equador, Cuba, Palestina e Bahamas estão entre os menos visitados. Mas foi neste arquipélago das Caraíbas que os portugueses mais usaram os seus cartões Revolut, gastando, em média, 363 euros por dia nas suas viagens para as Bahamas. Já a Venezuela foi o país onde gastaram menos: em média, 17 euros por dia.

O estudo da Revolut conclui, ainda, que o número de viajantes portugueses cresceu no último ano, a par de países como Espanha (22%), Itália (30%), Suécia (25%), Bulgária (55%), Hungria (48%) e Eslováquia (23%). Em 2019, os Portugueses visitaram, em média, 2.64 países. No topo da lista europeia estão os dinamarqueses que visitaram mais de três países neste período.

“O Revolut tem-se consolidado como o cartão de viagens preferencial para muitos europeus, na medida em que permite gastar e transferir dinheiro à taxa de câmbio interbancária e levantamentos gratuitos de 200, 400 e 600 euros por mês (em função do plano: Standard, Premium ou Metal). Os planos pagos dispõem ainda de descontos ou oferta de um lounge de aeroporto e seguro de viagem gratuito. O plano Metal integra também a funcionalidade de cashback, que permite aos utilizadores recuperar 0,1% ou 1% de todas as suas transações, na Europa e fora do espaço europeu, respetivamente”, destaca a empresa em comunicado.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Foto: REUTERS/Rafael Marchante

Portugal entre os países europeus que ficaram mais desiguais

Foto: REUTERS/Rafael Marchante

Portugal entre os países europeus que ficaram mais desiguais

Angel Gurria, secretário-geral da OCDE. Fotografia: EPA/Mario Guzmán

OCDE mais pessimista. Sinais vermelhos para a economia

Outros conteúdos GMG
Revolut: Portugueses gastaram 48 euros por dia nas férias