RioForte tem de pagar à PT 900 milhões até 17 de julho

Henrique Granadeiro, CEO da PT
Henrique Granadeiro, CEO da PT

O papel comercial da RioForte subscrito pela Portugal Telecom vai vencer daqui a duas semanas.

Num comunicado enviado ao mercado, Henrique Granadeiro, CEO da PT, e Luís Pacheco Melo (CFO), esclarecem os termos em que a operadora subscreveu o papel de tesouraria da empresa do Grupo Espírito Santo no valor de 897 milhões de euros.

O mesmo terá uma remuneração anual de 3,6% e “todas as aplicações de tesouraria em papel comercial do RioForte atualmente em carteira têm um vencimento em 15 e 17 de julho de 2014 (847 e 50 milhões, respetivamente)”, informa a PT.

Leia ainda: BPI: Reputação da PT afetada com financiamento ao GES

A operadora justifica a operação, entre outros motivos,com a “boa experiência de 14 anos em aplicações de tesouraria no Banco Espírito Santo (“BES”) e em entidades do GES, no contexto da parceria estratégica celebra da em abril de 2000 entre as partes”.

A operadora clarifica ainda qual o grau de exposição ao GES/BES. Segundo adiantou, desde 28 de abril de 2014 a PT International Finance BV e a PT mantêm depósitos bancários no BES num total de 22 milhões e 106 milhões, respetivamente.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Ilustração: Vítor Higgs

Indústria têxtil em força na principal feira de Saúde na Alemanha

O Ministro das Finanças, João Leão. EPA/MANUEL DE ALMEIDA

Nova dívida da pandemia custa metade da média em 2019

spacex-lanca-com-sucesso-e-pela-primeira-vez-a-nave-crew-dragon-para-a-nasa

SpaceX lança 57 satélites para criar rede mundial de Internet de alta velocidade

RioForte tem de pagar à PT 900 milhões até 17 de julho