Hotelaria

Ronaldo e grupo Pestana investem 60 milhões em Paris

Ronaldo Pestana

O grupo hoteleiro Pestana, em parceria com Cristiano Ronaldo, vai abrir o sexto hotel da marca Pestana CR7 Lifestyle Hotels.

O grupo hoteleiro Pestana, em parceria com Cristiano Ronaldo, vai investir 60 milhões de euros em Paris, na abertura do sexto hotel da marca Pestana CR7 Lifestyle Hotels, divulgou a empresa esta quarta-feira em comunicado.

Localizado na Rive Gauche, perto do Sena, o hotel deverá abrir em 2021. O quatro estrelas irá totalizar 210 quartos, tornando-se na unidade hoteleira da marca com mais capacidade até à data.

Tal como as outras cinco unidades hoteleiras, a empresa explica que “esta é uma parceria de investimento 50-50 entre o Pestana Hotel Group e Cristiano Ronaldo”, na qual a gestão é assumida pelo grupo hoteleiro português. Encontra-se, atualmente, numa “fase preliminar do seu licenciamento”, adiantam.

“Faz todo o sentido a marca Pestana CR7 implementar-se em Paris, uma das cidades mais visitadas do mundo e um destino que faz o match perfeito com o conceito de elegância e sofisticação da marca”, refere o futebolista português, citado em comunicado.

A mesma opinião é partilhada pelo chief development officer do Pestana Hotel Group. “É uma das cidades que mais turistas atrai, o que a torna numa das melhores montras para esta marca mais moderna”, diz José Roquette ao Dinheiro Vivo.

Questionado sobre novos investimentos, confirma que a ida de Cristiano Ronaldo para o clube italiano Juventus fez disparar as atenções do grupo hoteleiro sobre Itália. “Já estava no nosso radar”, admite, acrescentando que a presença do internacional português no país “pode vir a abrir portas”.

Atualmente, a marca Pestana CR7 Lifestyle Hotels dispõe de duas unidades, em Lisboa e Funchal, estando previstas aberturas em Madrid, Nova Iorque, Marraquexe e, agora, Paris.

*Notícia atualizada às 18h45 de 12/09/2018

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
José Vieira da Silva, ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social. Fotografia: Jorge Amaral/Global Imagens

Reformas. Governo quer normalizar pagamentos até ao final do ano

O primeiro-ministro, António Costa, discursa durante um encontro com empresários a trabalhar em Angola, em Luanda, Angola. O primeiro-ministro termina esta terça-feira, uma visita oficial de dois dias a Angola, durante a qual procurará retomar rapidamente os níveis anteriores a 2014 nas relações económicas e normalizar os contactos bilaterais político-diplomáticos. (JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA)

Costa: Portugal deseja mais empresas e investidores angolanos no país

Margrethe Vestager, comissária europeia da Concorrência. REUTERS/Yves Herman

Bruxelas suspeita de cartel alemão na tecnologia de emissões

Outros conteúdos GMG
Ronaldo e grupo Pestana investem 60 milhões em Paris