Sporting

SAD do Sporting formaliza saída de Bruno de Carvalho

Fotografia: Filipe Amorim / Global Imagens
Fotografia: Filipe Amorim / Global Imagens

A SAD leonina comunicou ao regulador que mandato de Bruno de Carvalho foi “revogado”. Sousa Cintra fica ao comando

A SAD do Sporting informou esta terça-feira, 26 de junho, o regulador português do mercado de capitais, a CMVM, da substituição de Bruno de Carvalho enquanto presidente do conselho de administração. José Sousa Cintra assume formalmente a liderança da SAD.

“O acionista Sporting Clube de Portugal, titular da totalidade das ações de categoria A representativas do capital social da Sporting SAD, comunicou ao Presidente da Mesa da Assembleia Geral e ao Conselho de Administração da Sociedade, nos termos e para os efeitos do disposto no art. 14º n.º 3 dos Estatutos da Sociedade, a substituição, com efeitos imediatos, de Bruno Miguel Azevedo Gaspar de Carvalho por José de Sousa Cintra, Vice-Presidente da Comissão de Gestão do Sporting Clube de Portugal”, pode ler-se no comunicado presente na página da Comissão de Mercado de Valores Mobiliários.

A SAD leonina esclarece ainda que “em resultado do que antecede foi revogado o mandato de Bruno Miguel Azevedo Gaspar de Carvalho enquanto presidente do Conselho de Administração e, em sua substituição, foi designado José Sousa Cintra, como Vogal do Conselho de Administração e representante da totalidade das ações de categoria A, nos termos e para os efeitos da aludida disposição dos estatutos da Sociedade”.

A nomeação de Sousa Cintra para administrador da SAD “terá efeitos até ao final do mandato em curso, 2014/2018”.

A substituição de Bruno de Carvalho acontece depois de no passado fim-de-semana os sócios do clube, em assembleia geral, terem decidido a destituição do, até então, presidente. Esta manhã, Sousa Cintra, nomeado pela Comissão de Gestão, falou aos jornalistas à chegada às instalações da sociedade. Disse que: “Queremos deixar tudo a funcionar dentro da normalidade, para que possamos lutar pelos primeiros lugares”, citado pelo DN.

“Para isso acontecer é preciso tomar decisões acertadas e escolher bem. Estou certo que vou encontrar as soluções adequadas para termos um grande Sporting. Deixava-me triste ver falarem do Sporting pelas piores razões, que íamos precisar de dois ou três anos para recuperar… O Sporting é um clube grande, que amo de coração. Estou certo que vou deixar o Sporting muito bem e que vamos encontrar as soluções todas para que os sportinguistas se revejam numa situação de força, otimismo e esperança”.

Contudo, Sousa Cintra não se pronunciou sobre a possibilidade de afastar o treinador Sinisa Mihajlovic, contratado por Bruno de Carvalho para suceder a Jorge Jesus. Uma hipótese que foi avançada por vários jornais esta terça-feira.

(Notícia atualizada às 12:13)

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Comissário Europeu Carlos Moedas
( Álvaro Isidoro / Global Imagens )

“É preciso levantar a voz contra o discurso anti-empresas do PCP e do BE”

Afonso Eça e José Maria Rego, dois dos fundadores, criaram a Raize há cerca de cinco anos. ( Álvaro Isidoro / Global Imagens )

Raize: “Pode haver parcerias com empresas grandes nos próximos meses”

Herdade da Comporta deverá conhecer um novo proprietário em breve. FOTO: Carlos Santos/Global Imagens

Comporta. Proposta de Paula Amorim e milionário francês é a única vinculativa

Outros conteúdos GMG
SAD do Sporting formaliza saída de Bruno de Carvalho