Telecomunicações

San Marino será primeiro país do mundo com rede 5G

Testes arrancam em 2018 e incluem zona histórica de San Marino, classificada pela Unesco. Fotografia: REUTERS/Stefano Rellandini
Testes arrancam em 2018 e incluem zona histórica de San Marino, classificada pela Unesco. Fotografia: REUTERS/Stefano Rellandini

Implementação da rede 5G poderá custar 56 mil milhões de euros e criar 2,3 milhões de empregos, calcula Comissão Europeia

San Marino vai tornar-se o primeiro país do mundo com cobertura nacional de rede 5G. Isto será possível graças a um protocolo entre a Telecom Italia e o Governo local. A tecnologia será testada em 2018, com a instalação de pequenas antenas na cidade de San Marino, um local de património classificado pela Unesco, adianta esta segunda-feira o Financial Times (reservado a assinantes).

Com pouco mais de 30 mil habitantes e 61 quilómetros quadrados, San Marino é considerado o local ideal para testar a rede 5G. Giovanni Ferigo, responsável tecnológico da Telecom Italia Mobile (TIM) diz que o trabalho desenvolvido no pequeno país será crítico para uma possível expansão da rede 5G à restante Europa.

“Para o 5G, a nossa intenção é que a Europa lidere o processo de padronização”, defende o responsável. Ferigo recorda que o Velho Continente foi o possível responsável pelo desenvolvimento da rede 2G, mas que essa posição foi perdida para outras regiões na atualização para o 3G e o 4G.

Em 2016, a Comissão Europeia publicou um plano de ação sobre esta nova tecnologia, que poderá gerar benefícios de 113 mil milhões de euros até 2025. A implementação da rede 5G poderá custar 56 mil milhões de euros e criar 2,3 milhões de empregos, acrescenta Bruxelas.

Leia aqui: 5G. A rede que vai colocar (ainda mais) as máquinas a falar umas com as outras

Em Portugal, nenhuma operadora comprometeu-se, para já, com o lançamento de uma oferta 5G.

A nível mundial, as operadoras da Coreia do Sul, China e Estados Unidos têm feito alguns testes, em locais restritos, para a implementação do 5G.

A tecnologia 5G poderá acelerar a integração em rede de equipamentos e sensores (carros, domótica, remotização de procedimentos, veículos).

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
min

Pedro Marques: “Classe 2 pode ser bloqueio a viaturas mais eficientes”

O ministro das Finanças, Mário Centeno. Fotografia: MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

Moody’s deita balde de água fria e mantém dívida do País no “lixo”

(DR)

Empresas da bolsa criaram mais de 15 mil postos de trabalho

Outros conteúdos GMG
San Marino será primeiro país do mundo com rede 5G