Sanofi vai produzir 125 milhões de doses da vacina da Pfizer/BioNTech

A francesa Sanofi anunciou que irá apoiar a produção de doses da vacina da Pfizer e da BioNTech, após contratempos que atrasaram o desenvolvimento de uma vacina própria.

A Safoni e a BioNTech chegaram a um acordo de colaboração para acelerar a produção de vacinas contra a Covid-19. Através deste acordo, a farmacêutica francesa irá produzir e fornecer a vacina que a BioNTech desenvolveu em conjunto com a Pfizer. Esta é, aliás, a vacina que está a ser administrada em Portugal desde dia 27 de dezembro.

Em comunicado, a Sanofi anunciou que irá "disponibilizar à BioNTech o acesso à sua infraestrutura estabelecida e especialização para produzir mais de 125 milhões de doses da vacina contra a Covid-19 na Europa."

A empresa detalha que as remessas iniciais vão ter origem nas instalações de produção que a Sanofi detém em Frankfurt, na Alemanha, a partir do verão de 2021.

"Estamos muito conscientes de que, quanto mais depressa as doses estejam disponíveis, mais vidas podem ser potencialmente salvas. O anúncio de hoje é um passo crucial para o nosso objetivo coletivo enquanto indústria de empenhar todos os esforços para controlar esta pandemia", aponta Paul Hudson, CEO da Sanofi, em comunicado.

"Embora as campanhas de vacinação já tenham começado a nível mundial, a capacidade para administrar vacinas nos braços tem sido limitada pelos fornecimentos mais baixos do que esperados e atrasos nos tempos de aprovação devido a falhas na produção", indica o mesmo responsável, notando que a empresa tomou a decisão de apoiar a BioNTech e a Pfizer para "responder às necessidades globais, uma vez que tem a tecnologia e instalações para isso".

A colaboração acontece após os esforços da própria Sanofi para desenvolver uma vacina contra a Covid-19 terem chegado a um impasse. Em entrevista à RTL, o responsável pela operação da Sanofi em França, Olivier Bogillot, indicou que a empresa "teve um ligeiro atraso numa das candidatas à vacina e decidiu usar o tempo para mobilizar as capacidades de produção para ajudar a vacina da Pfizer".

A Sanofi continuará empenhada no desenvolvimento de uma vacina própria, que está a ser desenvolvida em conjunto com a GloxoSmithKline. A empresa continua a indicar que tem esperança de que a sua vacina chegue ao mercado no quarto trimestre deste ano.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de