mau tempo

SATA já reencaminhou cerca de metade dos passageiros que ficaram em terra

Foto: D.R.
Foto: D.R.

A transportadora aérea SATA já reencaminhou cerca de metade dos 600 passageiros que ficaram retidos esta sexta-feira devido ao mau tempo

A transportadora aérea SATA já reencaminhou cerca de metade dos 600 passageiros que ficaram retidos esta sexta-feira devido ao mau tempo, disse hoje fonte oficial da transportadora à agência Lusa.

“Neste momento, com a reposição dos voos do Pico, dos voos da Horta, ficando somente a faltar as Flores e o Corvo, já estamos com mais de 50% dos passageiros afetados ontem [sexta-feira] nos seus destinos”, afirmou António Portugal.

Segundo o porta-voz da companhia aérea açoriana, “tanto a operação prevista como a extraordinária” está a decorrer este sábado sem cancelamentos embora com ligeiros atrasos.

“Tanto a (operação) normal como a extraordinária está a realizar-se sem qualquer cancelamento até ao momento, com alguns atrasos, obviamente, como se registaram de manhã alguns atrasos nas saídas dos voos inter-ilhas para o Pico, para a Horta e para as Flores mas de qualquer modo, neste momento, todos os voos estão a ser realizados”, garantiu.

António Portugal está confiante de que todos os passageiros deverão chegar aos seus destinos até ao final deste sábado, realçando as previsões do tempo para o arquipélago dos Açores.

“A melhoria do estado do tempo tem sido verificada gradualmente vinda do grupo ocidental para o central e no grupo oriental para esta tarde já se prevê uma situação meteorologia mais favorável”, disse.

A SATA Air Açores cancelou esta sexta-feira, devido ao mau tempo, 12 voos entre várias ilhas do arquipélago, afetando quase 600 passageiros.

Segundo António Portugal, foram canceladas esta sexta-feira as ligações Horta-Flores-Horta, Horta-Corvo-Flores e Flores-Corvo-Horta.

Também não se realizaram os voos da SATA Air Açores, que assegura as viagens aéreas entre ilhas, Ponta Delgada-Flores-Ponta Delgada e Terceira-Pico-Terceira, assim como as ligações Ponta Delgada-Pico-Ponta Delgada.

 

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O primeiro-ministro, António Costa (E), conversa com o ministro de Estado e das Finanças, João Leão (D), durante o debate e votação da proposta do orçamento suplementar para 2020, na Assembleia da República, em Lisboa, 17 de junho de 2020. MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

Orçamento suplementar mantém despesa de 704 milhões de euros para bancos falidos

Jorge Moreira da Silva, ex-ministro do ambiente

(Orlando Almeida / Global Imagens)

Acordo PS-PSD. “Ninguém gosta de um planalto ideológico”

Mario Draghi, presidente do BCE. Fotografia: Reuters

Covid19. “Bazuca financeira tem de fazer mira à economia, desigualdades e clima”

SATA já reencaminhou cerca de metade dos passageiros que ficaram em terra