Construção

Empresa de Manuel Fino não reembolsa 20 milhões ao BCP

Empresário Manuel Fino
Empresário Manuel Fino

SDC Investimentos, acionista da construtora Soares da Costa, está a negociar a reestruturação da dívida.

A SDC Investimentos, do empresário Manuel Fino, não vai reembolsar um empréstimo obrigacionista ao BCP, no valor de 20 milhões de euros.

Segundo a informação divulgada na CMVM, o empréstimo vence a 28 deste mês e não será reembolsado uma vez que estas obrigações “não estão no mercado” e que, “como é do conhecimento público e objeto de comunicações ao Mercado, a SDC Investimentos tem em curso um processo de reestruturação do seu passivo bancário”.

A SDC garante que o processo de reestruturação do passivo bancário “tem evoluído de forma positiva, embora ainda não esteja concluído” e que inclui este empréstimo que, ao não ser reembolsado, ficará “formalmente em incumprimento”.

“Todavia, face à existência desse processo negocial, não se antevê qualquer consequência desse incumprimento, ficando a sua sanação dependente da solução concreta do referido processo, que se espera possa ocorrer a curto prazo”, conclui o comunicado enviado à CMVM.

O empresário Manuel Fino controla a SDC Investimentos, que tem 33,33% da Soares da Costa, construtora que entrou em Processo Especial de Revitalização e que tem a CGD e o BCP como principais credores. Manuel Fino chegou a ser acionista do BCP.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
The World Economic Forum, Davos
Fabrice COFFRINI/AFP

Líderes rumam a Davos para debater a nova desordem mundial

Mário Centeno

Privados pedem ao Estado 1,4 mil milhões de euros em indemnizações

Luis Cabral, economista.
(Leonardo Negrão / Global Imagens)

Luís Cabral: “Pobreza já não é só ganhar 2 dólares/dia”

Empresa de Manuel Fino não reembolsa 20 milhões ao BCP