aviação

SEF ganha 90 agentes para evitar filas no aeroporto da Portela

Fotografia: António Cotrim/ Lusa.
Fotografia: António Cotrim/ Lusa.

Instalação de escorregas de bagagens junto às portas de embarque é outra medida em cima da mesa para melhorar eficiência do aeroporto de Lisboa

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras já conta com mais 22 agentes ao serviço e, a partir de 1 de junho, ganhará outros 68. Ao todo, o SEF ganhar 90 novos operacionais, uma medida que pretende reduzir as filas de espera que, no pico do verão, já chegaram a parar os turistas por mais de quatro horas à entrada em Lisboa.

O reforço de meios não será feito apenas ao nível do controlo de chegadas, o ministério das Infraestruturas anunciou esta terça-feira que haverá também mais pessoas ao serviço da Groundforce e da Portway, empresas responsáveis pelo serviço de recolha e processamento de bagagens no aeroporto de Lisboa.

Estas medidas são resultado da reunião do grupo de trabalho composto por SEF, ANAC, ANA, NAV, TAP, easyJet, Groundforce e Portway, e que se reuniu esta semana com o secretário de Estado adjunto e das comunicações, Alberto Souto de Miranda, em preparação para o verão de 2019.

“Gerir o verão de 2019 prevê-se um desafio ainda maior, já que de novo se prevê um aumento do tráfego aéreo e de passageiros em relação aos números do ano anterior. Com a mesma estrutura aeroportuária já saturada e mais passageiros e voos é absolutamente essencial que todas as entidades que intervêm na gestão do aeroporto se coordenem de forma muito eficiente”, refere o Executivo em comunicado.

Desta reunião saíram ainda outros mecanismos que pretendem reduzir os atrasos no principal ponto de chegada a Portugal, como ferramentas automáticas para otimização de procedimentos operacionais de navegação aérea; reforço e modernização da frota de aeronaves, o que permite ter mais equipamentos de reserva; investimento na instalação de escorregas de bagagens junto às portas de embarque; aumento da capacidade das portas de embarque; informação em tempo real dos tempos de espera dos voos ou a melhoria do serviço de controlo de fronteira, nomeadamente com mais controlo automático de passageiros.

As reuniões entre as principais entidades do mundo aéreo em Lisboa vão agora tornar-se periódicas, refere o governo.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
(Artur Machado / Global Imagens)

Dinheiro Vivo mantém-se líder digital dos económicos

(Artur Machado / Global Imagens)

Dinheiro Vivo mantém-se líder digital dos económicos

O ex-governador do Banco de Portugal (BdP), Vítor Constâncio, na II Comissão Parlamentar de Inquérito à Recapitalização da Caixa Geral de Depósitos e à Gestão do Banco, na Assembleia da República. TIAGO PETINGA/LUSA

BCP, Berardo e calúnias. As explicações de Constâncio no inquérito à CGD

Outros conteúdos GMG
SEF ganha 90 agentes para evitar filas no aeroporto da Portela