Setúbal precisa de mais qualificação, defende presidente da Câmara

"É absolutamente necessário que a região de Setúbal promova um processo de desenvolvimento económico inteligente e inclusivo" e é preciso que isso seja feito através de "políticas ativas de formação e qualificação de recursos humanos".

O apelo foi feito pela presidente da Câmara Municipal de Setúbal, Maria das Dores Meira, na abertura das Jornadas Millennium Empresas, que decorre esta tarde em Setúbal.

A autarca lembrou a história de Setúbal, que "atraiu muita gente rural desqualificada para trabalhar na indústria", sem que se tenha acrescentado "qualquer valor à sua formação".

Ainda assim, salientou, a região acolheu, nos últimos anos, "Investimentos de muitos milhões de euros, de que são exemplos o aumento da Portucel, a Decathlon e o Alegro". E "temos espaço para muitos mais", garantiu.

Por isso mesmo, insistiu, "qualquer processo de desenvolvimento económico só é sustentável se for acompanhado de qualificação e formação de recursos humanos".

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de