Siemens

Siemens arranca 2016 com crescimento de 42%

Joe Kaeser, presidente executivo da Siemens. Fotografia: REUTERS/Stefanie Loos
Joe Kaeser, presidente executivo da Siemens. Fotografia: REUTERS/Stefanie Loos

Empresa alemã pretende aproveitar fim das sanções económicas ao Irão

Os lucros da Siemens aumentaram 42% no primeiro trimestre fiscal de 2016 para os 1,557 mil milhões de euros. Os ganhos em áreas como a gestão de energia e os cuidados de saúde compensaram os piores desempenhos na área das energias renováveis, de acordo com o relatório e contas publicado esta terça-feira em Munique, na Alemanha.

A divisão de gestão de energia registou o maior crescimento do primeiro trimestre fiscal, com um ganho de 69% para os 183 milhões de euros, graças à aposta da empresa no mercado africano, região onde assegurou um contrato para equipamentos de alta voltagem.

Nota também para o crescimento de 31% na área dos cuidados de saúde, onde foi apresentado um lucro de 541 milhões de euros entre outubro e dezembro de 2015 (o ano fiscal de 2016 da Siemens começou em outubro). A China foi a principal responsável por este desempenho, aponta o documento apresentado esta terça-feira.

As energias renováveis impediram um melhor resultado para a Siemens, com os lucros a recuarem 37% para os 51 milhões de euros, devido ao atraso na execução de alguns projetos.

Oportunidades no Irão

O acordo nuclear entre as cinco maiores potências mundiais (mais a Alemanha) e o Irão tem sido mundialmente comentado nas últimas semanas. O país é visto como um local de oportunidades para a empresa alemã.

“O Irão está a mudar as suas infra estruturas, sobretudo na área do gás liquefeito. Temos conhecimento e recursos para podermos participar neste mercado e acreditamos que podemos ter sucesso”, respondeu na conferência de imprensa o presidente executivo da Siemens, Joe Kaeser.

Melhores perspetivas para 2016

A companhia alemã aproveitou ainda para subir as perspetivas de lucros para o ano fiscal de 2016 do patamar entre 5,90 e 6,20 euros por ação para entre os 6 e os 6,40 euros por ação, o que representa um aumento entre 1,7% e 3,2%. Resultados previstos “apesar da contínua turbulência macroeconómica e geopolítica”.

2016 será o ano em que a Siemens vai passar a usar o slogan “Ingenuity for life”, que pode ser traduzido para português como “engenhoso para a vida”.

* Jornalista em Munique a convite da Siemens

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Fotografia: Gustavo Bom/Global Imagens

Não conseguiu validar as faturas para o IRS? Contribuintes têm mais um dia

O ministro das Finanças, Mário Centeno, na apresentação das obras de arte da coleção BPN, agora integradas na Coleção do Estado, no Forte de Sacavém. Fotografia: TIAGO PETINGA/LUSA

Fundo de Resolução já pagou em juros 530 milhões ao Estado e 90 milhões a bancos

(Filipe Amorim / Global Imagens)

Venda do Novo Banco é “um não-assunto” para o Fundo de Resolução

Siemens arranca 2016 com crescimento de 42%