Emprego

Siemens Portugal ultrapassa os dois mil colaboradores em setembro

Demonstração da indústria 4.0 por parte da Siemens. Fotografia: Siemens
Demonstração da indústria 4.0 por parte da Siemens. Fotografia: Siemens

A Siemens Portugal ultrapassou, em setembro, os dois mil colaboradores nas suas operações nacionais e internacionais,

A Siemens Portugal ultrapassou, em setembro, os dois mil colaboradores (2.020) nas suas operações nacionais e internacionais, depois de, no último ano, ter criado 251 postos de trabalho em Portugal, Angola e Moçambique.

A empresa reforçou também as suas equipas nos centros de competência de engenharia, contando agora com 220 trabalhadores, destacados em projetos internacionais em 38 países na Europa, Ásia, Médio Oriente, África e América.

Em comunicado, o presidente executivo da Siemens Portugal, Pedro Pires de Miranda, disse que é com grande satisfação que constata “o aumento significativo de novos postos de trabalho, altamente qualificados, criados nas empresas do grupo Siemens, refletindo o crescimento das atividades em território nacional”.

A equipa é composta, maioritariamente, por colaboradores com formação universitária (75%), entre licenciados, mestres e doutorados.

Já em termos de género, 58% dos funcionários são homens e 42% mulheres.

A empresa prevê que, nos próximos dois anos, possa continuar a aumentar os recursos humanos, caso se verifique o crescimento do negócio no mercado nacional e internacional.

“A Siemens Portugal está otimista quanto ao crescimento do negócio quer no mercado nacional quer internacional, o que permite perspetivar um crescimento dos recursos humanos, nos próximos dois anos”, lê-se no comunicado.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Lisboa,  29/09/2020 - Ursula Von der Leyen, Presidente da Comissão Europeia.
(Paulo Alexandrino/Global Imagens)

Ursula von der Leyen. “Portugal é único e tem agora oportunidades maravilhosas”

Portugal's Prime Minister Antonio Costa speaks during presentation of the European and Portuguese Recovery and Resilience Plans, at Champalimaud Foundation, in Lisbon, Portugal, 29 September 2020. Ursula Von Der Leyen is in Lisbon for a two-day official visit. MÁRIO CRUZ/LUSA

Portugal recorrerá só a subvenções. Empréstimos só quando situação melhorar

ANTONIO COTRIM/ LUSA

Von der Leyen: Instrumento “SURE é um escudo para os trabalhadores e empresas”

Siemens Portugal ultrapassa os dois mil colaboradores em setembro