Emprego

Siemens Portugal ultrapassa os dois mil colaboradores em setembro

Demonstração da indústria 4.0 por parte da Siemens. Fotografia: Siemens
Demonstração da indústria 4.0 por parte da Siemens. Fotografia: Siemens

A Siemens Portugal ultrapassou, em setembro, os dois mil colaboradores nas suas operações nacionais e internacionais,

A Siemens Portugal ultrapassou, em setembro, os dois mil colaboradores (2.020) nas suas operações nacionais e internacionais, depois de, no último ano, ter criado 251 postos de trabalho em Portugal, Angola e Moçambique.

A empresa reforçou também as suas equipas nos centros de competência de engenharia, contando agora com 220 trabalhadores, destacados em projetos internacionais em 38 países na Europa, Ásia, Médio Oriente, África e América.

Em comunicado, o presidente executivo da Siemens Portugal, Pedro Pires de Miranda, disse que é com grande satisfação que constata “o aumento significativo de novos postos de trabalho, altamente qualificados, criados nas empresas do grupo Siemens, refletindo o crescimento das atividades em território nacional”.

A equipa é composta, maioritariamente, por colaboradores com formação universitária (75%), entre licenciados, mestres e doutorados.

Já em termos de género, 58% dos funcionários são homens e 42% mulheres.

A empresa prevê que, nos próximos dois anos, possa continuar a aumentar os recursos humanos, caso se verifique o crescimento do negócio no mercado nacional e internacional.

“A Siemens Portugal está otimista quanto ao crescimento do negócio quer no mercado nacional quer internacional, o que permite perspetivar um crescimento dos recursos humanos, nos próximos dois anos”, lê-se no comunicado.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Fotografia: Gustavo Bom/Global Imagens

Não conseguiu validar as faturas para o IRS? Contribuintes têm mais um dia

O ministro das Finanças, Mário Centeno, na apresentação das obras de arte da coleção BPN, agora integradas na Coleção do Estado, no Forte de Sacavém. Fotografia: TIAGO PETINGA/LUSA

Fundo de Resolução já pagou em juros 530 milhões ao Estado e 90 milhões a bancos

(Filipe Amorim / Global Imagens)

Venda do Novo Banco é “um não-assunto” para o Fundo de Resolução

Siemens Portugal ultrapassa os dois mil colaboradores em setembro