cerveja

Sindicato fecha com dona da Sagres aumentos salariais de 2,5%

Fotografia: DR
Fotografia: DR

Acordo entre o SINTAB e a Sociedade Central de Cervejas e Bebidas deverá ser formalizado no próximo dia 21.

Os trabalhadores da Sociedade Central de Cervejas e Bebidas vão ter nos próximos três anos aumentos salariais de 2,5%, adiantou fonte sindical ao Dinheiro Vivo. O valor é o mesmo do acordo alcançado o ano passado depois de os trabalhadores terem avançado para greve. A dona da Sagres não comenta.

“Acordamos para os próximos três anos aumentos salariais de 2,5% em cada ano, com uma cláusula de salvaguarda relativamente à inflação”, adianta Rui Matias, do Sindicato do Trabalhadores da Agricultura e das Indústrias de Alimentação, Bebidas e Tabacos de Portugal (SINTAB).

O acordo, adianta a mesma fonte sindical, abrange cerca de 350 trabalhadores da Sagres e da Luso abrangidos pelo acordo de empresa.

“O acordo com estas e outras cláusulas relativas a questões salariais, mas não só, deve ser assinado no próximo dia 21”, refere Rui Matias, escusando-se a adiantar mais pormenores.

A dona da Sagres não quis comentar esta informação, remetendo quaisquer comentários para depois da assinatura do acordo.

Em junho do ano passado, o SINTAB e a Sociedade Central de Cervejas e Bebidas chegaram a um acordo para aumentos salariais de 2,5%, depois de em maio os trabalhadores terem avançado para a greve por aumentos salariais “dignos e justos” e progressão na carreira.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
2. Os telemóveis desvalorizam até 78% do investimento num ano

Burlas com SMS custam um milhão por ano aos consumidores

Ana Jacinto, secretária-geral da Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) antes de uma entrevista, esta manhã nos estúdios TSF.
(Reinaldo Rodrigues/Global Imagens)

Ana Jacinto. Hotelaria e restauração precisam de mais de 40 mil trabalhadores

Austin, EUA

Conheça o ranking das cidades mais desejadas pelos millennials em 2020

Sindicato fecha com dona da Sagres aumentos salariais de 2,5%