João Vasconcelos

Siza Vieira: “Deixa admiração e saudade”

Pedro Siza Vieira foi recente nomeado ministro da Economia. 
Leonardo Negrão/Global Imagens
Pedro Siza Vieira foi recente nomeado ministro da Economia. Leonardo Negrão/Global Imagens

Ministro Adjunto e da Economia enaltece o dinamismo de João Vasconcelos e o contributo para a afirmação do empreendedorismo

“Distinguiu-se pelo dinamismo enquanto governante e pelo contributo decisivo que deu ao empreendedorismo e à inovação”. Quem o diz é Pedro Siza Vieira, ministro Adjunto e da Economia, em reação à morte de João Vasconcelos.

O antigo governante português morreu esta madrugada vítima de um ataque cardíaco. Pedro Siza Vieira diz que “parte cedo de mais quando ainda tinha muito para dar ao país” e enaltece o trabalho feito durante os anos de governo, mas não só.

“Deixa admiração pelo seu trabalho e saudade entre todos os que tiveram o privilégio de com ele trabalhar”, diz o governante.

Siza Vieira diz que Vasconcelos deu um “contributo decisivo” para o empreendedorismo e inovação em Portugal e sublinha que “grangeou o respeito e simpatia de empresários e todos os que com ele contactaram”.

Leia a reação de António Saraiva, patrão da indústria

O ministro endereça, por isso, à família e aos amigos “as mais sinceras e sentidas condolências, próprias deste momento de tristeza”.

Também João Cravinho, ministro da Defesa, se mostrou “profundamente chocado com a notícia da morte de João Vasconcelos”. O governante sublinha que “deixou uma marca grande no tempo terrivelmente curto que este connosco”.

Ainda da família política o Partido Socialista também já tinha reagido, expressando “o choque e o seu mais profundo pesar pela inesperada notícia da morte do nosso querido camarada João Vasconcelos”.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Trabalhos de descarga de contentores no Porto de Sines, 12 de fevereiro de 2020. TIAGO CANHOTO/LUSA

Exportações com quebra de 17% na primeira metade do ano

Isabel Camarinha, líder da CGTP, fala aos jornalistas após audiência com o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, no Palácio de Belém, em Lisboa, 30 de julho de 2020. (MIGUEL A. LOPES/LUSA)

CGTP. Governo nega complemento a quem esteve em lay-off sem justificação

spacex-lanca-com-sucesso-e-pela-primeira-vez-a-nave-crew-dragon-para-a-nasa

SpaceX lança 57 satélites para criar rede mundial de Internet de alta velocidade

Siza Vieira: “Deixa admiração e saudade”