Sodexo reembolsou 420 mil euros de IVAucher e viu faturação crescer 5%

Cartão refeição conta já com mais de 200 mil utilizadores e tem novos produtos na calha para continuar a expandir presença.

Há definitivamente uma nova forma de consumir e de pagar. E se digitalização acelerada pela pandemia alterou comportamentos, as empresas viradas para os pagamentos digitais estão a crescer graças a esse movimento, ultrapassando as dificuldades geradas pelos confinamentos da covid.

"Mesmo num contexto tão difícil como o que temos vivido devido à pandemia, em 2021 continuámos a crescer, aumentando o volume de negócio em carteira em mais de 5%", revela ao Dinheiro Vivo o CEO da Sodexo, Nelson Lopes, considerando essa evolução fruto da "importância crescente que os benefícios sociais têm para empresas e colaboradores". E que também se prende com a abertura a plataformas como UberEats, Glovo, Bolt e Continente online. O cartão refeição ultrapassou as 20 mil transações mensais nessas plataformas no final de 2020 e manteve-se desde então sempre acima dessa fasquia, conseguindo até, na maioria dos meses, registar mais de 25 mil compras/mês. O que justifica a vontade da Sodexo de procurar trabalhar em novos produtos para adicionar ao seu portefólio. Para quando? "Esperamos que se reúnam todas as condições para os lançarmos", responde o CEO.

Os números espelham as novas tendências de consumo alimentar, com a via e-commerce a crescer 27%, entre 2019 e 2020, conforme indicam estudos recentes, e perto de 40% dos utilizadores online a fazer pelo menos uma compra por mês numa plataforma de comida.
As transações feitas com cartão Sodexo beneficiaram de ser "a única empresa de benefícios extrassalariais aderente ao IVAucher". Com mais de 139 mil transferências entre outubro e dezembro no âmbito deste programa, a Sodexo reembolsou um total de 420 mil euros.

"A participação da Sodexo no programa IVAucher foi muito bem acolhida por parte do universo empresarial", reconhece Nelson Lopes, que acredita que essa adesão terá pesado na decisão de mais empresas escolherem esta solução para a gestão dos cartões refeição. São já 11 mil as companhias que disponibilizam o cartão Sodexo a um total de mais de 200 mil utilizadores, com a rede de aceitação a contar com cerca de 30 mil comerciantes afiliados.

"A pandemia potenciou a procura por benefícios sociais e o nosso cartão refeição surge no topo das preferências dos empregadores e trabalhadores", assegura o CEO, apontando o efeito disso no fortalecimento do consumo no setor alimentar a que se destina o cartão refeição. "Naturalmente, os métodos de pagamento também se adaptaram à nova realidade: a Sodexo antecipou esse movimento e foi pioneira na integração de pagamentos com o MBWay, muito antes do início da pandemia, sendo que em 2020 tínhamos já parcerias com diversas plataformas online do setor alimentar e em regime de take away e delivery", acrescenta o CEO.

No novo ano, Nelson Lopes quer manter a Sodexo empenhada a trabalhar "no serviço ao cliente, que é a peça chave desta atividade". "Queremos ser um exemplo a seguir nesta matéria", diz o responsável.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de