retalho

Sonae investe 255 milhões para reforçar posição na Sonae Sierra

Centro Comercial Colombo é um dos centros comerciais gerido pela Sonae Sierra em Portugal.
(Sara Matos / Global Imagens)
Centro Comercial Colombo é um dos centros comerciais gerido pela Sonae Sierra em Portugal. (Sara Matos / Global Imagens)

Grupo português comprou posição de 20% aos ingleses da Grosvenor. Conclusão da operação depende do aval das autoridades da concorrência.

A multinacional portuguesa Sonae informou este sábado que vai reforçar a sua posição na Sonae Sierra, companhia de gestão de centros comerciais que já detinha, ao concluir a compra de 20% ao grupo inglês Grosvenor por cerca de 255 milhões de euros.

Em comunicado enviado este sábado ao mercado, a Sonae informa que “conclui um acordo com o grupo Grosvenor para a aquisição de uma participação de 20% da Sonae Sierra, SGPS, SA pelo valor total estimado de 255 milhões de euros”.

Atualmente, a Sonae Sierra, que se dedica ao ramo imobiliário e que gere centros comerciais em todo o mundo, é detida pela Sonae (50%) e pela Grosvenor (50%).

Com a aquisição agora concluída, a Sonae reforça a posição, passando a deter 70%.

O acordo alcançado com o grupo Grosvenor vai permitir à Sonae “reforçar a sua participação e influência num ‘player’ [numa empresa] de referência no setor do imobiliário de retalho, simultaneamente aumentando o perfil internacional do grupo”, refere a nota ao mercado.

De acordo com a Sonae, este grupo inglês “continuará a ser um parceiro estratégico”, apesar de estarem “assegurados os direitos de saída adequados à sua futura condição de acionista minoritário”.

Esta aquisição necessita de aval das autoridades da concorrência competentes.

Na nota ao mercado, a Sonae ressalva ainda que a Sonae Sierra “gere e co-controla um portefólio de sete mil milhões de euros (valor de mercado) de 46 centros comerciais na Europa e na América do Sul, com uma área bruta locável de 1,9 milhões de metros quadrados”.

A Sonae Sierra está presente em 12 países, tem mais de 9.300 contratos com lojistas e gere centros comerciais que registaram, em 2017, mais de 438 milhões de visitas.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje

Página inicial

Rua de Santa Catarina, no Porto. (Pedro Correia/Global Imagens)

“Selo do carro”: Governo aplica desconto para travar forte subida de preços

Fotografia: JOÃO RELVAS/LUSA

Costa explica amanhã orçamento aos deputados do PS

Outros conteúdos GMG
Sonae investe 255 milhões para reforçar posição na Sonae Sierra