Sonae reforça para 80% na dona do Colombo

Holding comprou posição do Grupo Grosvenor, aumentando a sua participação na Sonae Sierra, que detém investimentos imobiliários e 27 centros comerciais em Portugal, Espanha, Itália, Grécia, Roménia, Brasil e Colômbia.

Foram 82 milhões de euros para pagar uma fatia de 10% que permite à holding liderada por Cláudia Azevedo aumentar a sua posião na Sonae Sierra de 70% para 80%.

"A Sonae SGPS informa que a Grosvenor Investments comunicou a sua intenção de exercer uma opção de venda sobre 10% das ações detidas da Sonae Sierra, por um valor estimado de 82,16 milhões de euros, o que representa um desconto implícito de cerca de 11% sobre o NAV da Sonae Sierra mais recentemente publicado (setembro de 2020). O exercício irrevogável desta opção de venda está condicionado à confirmação final por parte da Grosvenor na sequência da aprovação das contas consolidadas auditadas da Sonae Sierra para o exercício de 2020", comunicou a Sonae à CMVM, nesta noite.

Com a conclusão desta operação, a Sonae passará a deter 80% do capital social e direitos de voto da empresa do grupo dedicada ao negócio imobiliário e tem sob a sua gestão 27 centros comerciais em Portugal, Espanha, Itália, Grécia, Roménia, Brasil e Colômbia. Inncluindo o Colombo.

"O principal impacto desta operação nas demonstrações financeiras consolidadas do Grupo será a transferência de Reservas de "Interesses Sem Controlo" para "Capital Próprio do Grupo", uma vez que a Sonae já detém uma participação de controlo de 70% na Sonae Sierra", informa ainda a holding do grupo liderado por Cláudia Azevedo.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de