Tecnologia

Sonaecom vende WeDo Technologies por 62 milhões de euros

WeDo Technologies
Rui Paiva, presidente executivo da WeDo Technologies. (DR)

Venda da empresa tecnológica portuguesa de combate à fraude está condicionada a várias condições suspensivas.

A Sonaecom vendeu a WeDo Technologies por 70 milhões de dólares (62,3 milhões de euros). A empresa tecnológica de combate à fraude liderada por Rui Paiva vai passar para os norte-americanos da Mobileum. O negócio está sujeito a várias condições suspensivas – não identificadas – e ainda poderá render mais 27 milhões de dólares (24 milhões de euros) à Sonaecom.

“Sonaecom, SGPS, S.A. (“Sonaecom”) informa que, na presente data, a sua subsidiária Sonae Investment Management – Software and Technology, SGPS, S.A. (“Sonae IM”), chegou a acordo com a Mobileum, Inc. (“Mobileum”), nos termos do qual a Sonae IM alienará à Mobileum a totalidade do capital social e dos direitos de voto da sociedade WeDo Consulting – Sistemas de Informação, S.A. (“WeDo Technologies”)”, refere o comunicado divulgado na noite de quarta-feira na página da CMVM – Comissão do Mercado de Valores Mobiliários.

O documento refere também que “a concretização da transação está condicionada à verificação de um conjunto de requisitos estipulados pelas partes (condições suspensivas), da qual dependerá, portanto, a produção de efeitos daquela transação”.

Leia mais: WeDo Technologies aposta no 5G e em novos modelos de negócio

Além dos 70 milhões de dólares já encaixados nesta operação, a Sonaecom ainda poderá receber até 27 milhões extra, uma “componente diferida e variável, em função da performance do negócio combinado até 31 de dezembro de 2021″.

A WeDo Technologies pertencia à Sonae IM, o braço de investimento tecnológico da Sonaecom. A Sonae IM refere que ” prossegue a estratégia de gestão ativa do seu portefólio de empresas de base tecnológica, com o objetivo de consolidar a sua posição de investidor de referência a nível internacional, reforçando ao mesmo tempo o trajeto de crescimento e afirmação da WeDo Technologies no mercado global, o que representa uma clara oportunidade para a empresa e para as suas pessoas”.

Pode conhecer um pouco melhor o trabalho da WeDo Technologies através deste episódio do programa do Dinheiro Vivo Made in Portugal – Combate à fraude é o ‘segredo’ da portuguesa WeDo Technologies.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Caixa Geral Depósitos CGD Juros depósitos

Caixa perdeu 1300 milhões com créditos de grandes devedores

Ursula von der Leyen foi o nome nomeado para presidir à Comissão Europeia. (REUTERS/Francois Lenoir)

Parlamento Europeu aprova Von der Leyen na presidência da Comissão

Christine Lagarde, diretora-geral demissionária do FMI. Fotografia: EPA/FACUNDO ARRIZABALAGA

Christine Lagarde demite-se da liderança do FMI

Outros conteúdos GMG
Sonaecom vende WeDo Technologies por 62 milhões de euros