Sotheby's regista melhor ano de sempre em Portugal

A empresa de imobiliário de luxo Sotheby's registou o melhor ano de sempre desde que está em Portugal. Em 2014, registou um volume de negócios de 185 milhões de euros, através da venda de 2012 imóveis. Um crescimento de 48% em relação a 2013, revelou a empresa num encontro com jornalistas esta terça-feira.

O valor médio de venda melhorou em 9% para 870 mil euros. Para a empresa, estes dados representam uma "maior penetração e liderança da marca no segmento alto e muito alto". Os resultados também revelam um aumento da quota de mercado em território nacional de clientes estrangeiros, que representaram 66% da atividade. No ano anterior, os clientes fora de Portugal representaram entre 50% e 55%.

Em geral, as vendas da imobiliária de luxo representaram acima dos 10% de quota de mercado. Uma percentagem que chega aos 26,5% em mercados como "Lisboa, Oeiras, Cascais, Sintra e Loulé", indica a Sotheby's Portugal.

A Sotheby's Portugal indica ainda que registou negócios de "mais de 16 nacionalidades". Os clientes com maior número de negócios localizam-se em França, Brasil e Inglaterra. No entanto, são os clientes angolanos, chineses e ingleses adquirem propriedades com maior valor médio, acima de um milhão de euros. Angolanos e chineses apresentam um valor médio entre 1,5 e 1,8 milhões de euros.

Mais de dois terços das transações (68%) situaram-se entre os 500 mil e um milhão de euros. Os negócios entre um milhão e três milhões de euros representaram 27% das operações. A restante percentagem (5%) foi para negócios acima dos três milhões de euros.

Para 2015 a Sotheby's Portugal prepara a abertura de mais escritórios. Um deles, no Porto, terá assinatura do arquiteto Souto Moura e estará localizado na Avenida da Boavista. O outro deverá localizar-se em Lisboa, com inauguração marcada para o final deste ano.

A empresa pretende ainda aumentar o número de colaboradores, revelou Gustavo Soares, diretor geral da Sotheby's Portugal. "Queremos terminar 2015 com 180 pessoas, o que representa quase o dobro dos colaboradores no final de 2014 (100)", indicou o responsável no evento.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de