S&P sobe 'rating' do BPI com o fim da OPA

Banco espanhol assumiu o controlo de gestão do BPI, onde detém mais de 80% do capital.

A S&P subiu o 'rating' do BPI depois da compra de participação do CaixaBank, de BB- para BB+, informou a agência de 'rating'.

O 'upgrade' segue-se ao anúncio da CaixaBank a 8 de fevereiro de que, como resultado da sua oferta pelo BPI, tinha aumentado a sua participação para 84,52%, assumindo controlo de gestão.

"Consideramos que o BPI é uma subsidiária estratégica do CaixaBank", justificou a S&P. "Depois de anos a deter uma posição minoritária no BPI, a CaixaBank tem agora a grande maioria das ações e ganhou controlo de gestão, fazendo do BPI um importante ativo para a estratégia de longo prazo do grupo".

"Esperamos que o BPI vá beneficiar de apoio da casa mãe, incluindo apoio financeiro, se necessário", diz ainda a agência de 'rating'.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de