startups

‘Speed Talent for Alentejo’ investe nas melhores ideias para startups na região

Alentejo
Alentejo

Os vencedores terão acesso gratuito aos serviços da Rede de Incubadoras da Região Alentejo e a 750 euros por mês, no 1.º trimestre de incubação.

Um concurso promovido por várias entidades vai premiar as 25 melhores ideias de negócio para a criação de ‘startups’ na região do Alentejo, num investimento total de 100 mil euros, foi divulgado esta sexta-feira.

O Concurso Speed Talent for Alentejo “Incubators Network” integra o projeto Speed Talent, desenvolvido por um consórcio de oito entidades, e é cofinanciado por fundos comunitários, através do Alentejo 2020 e do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER).

Os promotores são o Núcleo Empresarial da Região Alentejo (NERE), Associação Nacional de Jovens Empresários (ANJE), Agência de Desenvolvimento Regional do Alentejo (ADRAL), Parque de Ciência e Tecnologia do Alentejo, Universidade de Évora e os institutos politécnicos de Beja, Portalegre e Santarém.

Segundo a organização, o concurso, que tem candidaturas ‘online’ abertas até domingo, vai premiar as 25 melhores ideias de negócio para a criação de ‘startups’ na região do Alentejo, em “áreas inovadores que privilegiem a tecnologia e o conhecimento”.

As inscrições, acrescentou, estão abertas a todas as pessoas, desde que sejam maiores de idade, ou a empresas, que se candidatem individualmente ou em consórcio até três entidades.

Num investimento total a rondar os 100 mil euros, os promotores vão oferecer aos premiados o acesso gratuito, por um ano, aos espaços e serviços da Rede de Incubadoras da Região Alentejo e bolsas mensais de 750 euros, a cada um, no 1.º trimestre de incubação.

O vencedor da competição, além dos apoios disponibilizados aos restantes 24 premiados, vai ganhar ainda um prémio monetário de 2.500 euros.

O projeto, assinalou o consórcio, pretende “cativar jovens empreendedores que desenvolvam projetos oriundos do meio académico” e que pretendam “a constituição de empresas de base tecnológica e/ou assentes em forte intensidade em conhecimento”.

“Este concurso pretende captar, sobretudo, jovens recém-formados”, para que se instalem e desenvolvam “ideias de negócios inovadores na região do Alentejo”, explicou Paula Paulino, diretora executiva do NERE.

O Alentejo, frisou, beneficia, atualmente, de “uma conjuntura ímpar para promover este tipo de iniciativas”, graças “à facilidade de acesso a instituições de ensino superior de referência, a uma forte rede de incubadoras presente em cinco cidades, à proximidade a Espanha e a uma comunidade empresarial muito interessada e participativa”.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Ricardo Mourinho Félix, Secretário de Estado Adjunto e das Finanças. 
( Filipa Bernardo/ Global Imagens )

“Cidadãos não vão tolerar situações que ponham estabilidade financeira em risco”

Ricardo Mourinho Félix, Secretário de Estado Adjunto e das Finanças. 
( Filipa Bernardo/ Global Imagens )

“Cidadãos não vão tolerar situações que ponham estabilidade financeira em risco”

Lisboa, 22/11/2019 - Money Conference, Governance 2020 – Transparência e Boas Práticas no Olissippo Lapa Palace Hotel.  António Horta Osório, CEO do Lloyds Bank

( Filipa Bernardo/ Global Imagens )

Horta Osório: O malparado na banca portuguesa ainda é “muito alto”

Outros conteúdos GMG
‘Speed Talent for Alentejo’ investe nas melhores ideias para startups na região