Sporting

Sporting vende créditos de contrato com a NOS por 65 milhões

Frederico Varandas, presidente do Sporting.

(Filipe Amorim / Global Imagens)
Frederico Varandas, presidente do Sporting. (Filipe Amorim / Global Imagens)

A SAD leonina vendeu hoje os créditos que iria receber no âmbito de um acordo celebrado com a NOS em 2015.

A SAD do Sporting encaixou 65 milhões de euros com a venda de créditos relativos ao contrato celebrado com a NOS.

“Os créditos cedidos servirão para colateralizar a emissão de obrigações titularizadas até ao reembolso integral das mesmas”, refere a SAD leonina num comunicado divulgado esta quarta-feira.

Os créditos agora alienados dizem respeito ao contrato efetuado com a NOS em dezembro de 2015. No contrato, o Sporting cedeu os direitos de transmissão televisiva e multimédia, de exploração da publicidade estática e virtual do Estádio José Alvalade, de distribuição do canal Sporting TV e direitos de patrocinador principal”. O acordo envolve um montante total de 515 milhões de euros.

A venda vem dar oxigénio à situação financeira da SAD verde e branca. No final de fevereiro, a sociedade referiu que as suas necessidades de tesouraria até junho se situavam em 41 milhões de euros.

“Esta operação permitiu o encaixe financeiro no montante de 65.000.000 euros, destinando-se as receitas líquidas da mesma a substituir passivos, financeiros e não-financeiros”, segundo a SAD.

Se falhasse pagamentos a fornecedores, o clube arriscava a possibilidade de se poder inscrever nas competições europeias no final de março. Até ao fim de setembro de 2018, a SAD do Sporting recebeu mais de 205 milhões de euros do contrato com a NOS, entre pagamentos, adiantamentos ou créditos.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
(DR)

Revolut. “O produto viral” já tem 300 mil utilizadores em Portugal

Paulo Macedo, presidente executivo da Caixa Geral de Depósitos. 
(Orlando Almeida / Global Imagens)

Paulo Macedo: Aumento de comissões na CGD rondará os 2% em 2019

Mário Centeno e Pierre Moscovici. Fotografia: EPA/ARIS OIKONOMOU

Bruxelas com reservas sobre esboço pede plano atualizado

Outros conteúdos GMG
Sporting vende créditos de contrato com a NOS por 65 milhões