Spotify estuda uma nova versão?

A nova versão gratuita e um dispositivo para o carro são algumas das estratégias da empresa para aumentar o número de utilizadores.

O Spotify está a desenvolver uma nova versão do seu serviço de música gratuita, de acordo com várias fontes anónimas próximas da empresa, citadas pela Bloomberg. Esta será a primeira grande mudança no maior serviço de streaming de música do mundo, após a estreia das ações da empresa em bolsa, no início deste mês.

O anúncio oficial só deve ser feito dentro de algumas semanas.

Com as mudanças ao nível do design que a empresa está a desenvolver, será mais fácil para os utilizadores ouvirem música através do telemóvel, facilitando assim o acesso às playlists.

A notícia, que foi avançada pela Bloomberg Technology, enquadra-se numa mudança de estratégia da empresa para aumentar os lucros, bem como o seu valor de mercado. A subscrição gratuita é um dos principais pilares da Spotify. As contas não pagas representam mais de metade dos clientes do serviço de streaming.

Esta nova versão gratuita do Spotify pretende ser também uma forma de atrair clientes e assinaturas pagas, que garantem a maior parte da receita, em 2017, geraram mais de quatro mil milhões de euros.

Uma outra mudança estratégica da empresa está na parceria com a Hulu, já anunciada pelo Spotify, para oferecer séries e músicas aos utilizadores nos EUA por 13 dólares por mês (cerca de 10,5 euros). Até ao final do ano, o Spotify espera chegar assim aos 200 milhões de subscritores e aos 96 milhões de assinantes pagos, em comparação com os seus atuais 159 milhões de utilizadores ativos, por mês, e 71 milhões de clientes premium (pagos).

O Spotify deve anunciar a sua nova versão gratuita no dia 24 de abril, dia em que está convocada uma conferência de imprensa. O seu lançamento deve ocorrer pouco depois.

Ouvir Spotify em viagem

A imprensa espera que, no mesmo dia 24, seja apresentado pela empresa um novo dispositivo para o carro e mãos livres, que permitirá ouvir música na plataforma de streaming em viagem, de acordo com jornal espanhol o ElEconomista.

É especulado que vai haver uma parceria entre este dispositivo e o assistente inteligente Alexa da Amazon. O dispositivo deve ser controlado através da voz e deve conectar-se à internet através de redes 4G. A sua utilização implicará uma diferente subscrição, até 13 dólares por mês, que se vai traduzir em novos lucros para a empresa.

Este novo dispositivo para o carro pode ser o primeiro passo do Spotify para a criação de um aparelho inteligente para a casa, que iria competir no mercado com o HomePod da Apple, de acordo com o mesmo jornal.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de